sábado, 20 de dezembro de 2008

A MARCHA DA NOVA SUSPENSÃO JÁ COMEÇOU

Caros colegas!

Na qualidade de representante do agrupamento de escolas Prof. João de Meira - Guimarães, é com orgulho que vos informo, que hoje, 17 de Dezembro, na reunião geral de professores, dando seguimento ao Encontro Nacional de Escolas em Luta - Leiria e ao 2.º Plenário Distrital de Braga, foi proposto e aprovada nova suspensão do processo de avaliação e recusa de entrega de Objectivos Individuais!
Por favor divulguem! E que todas as escolas continuem a resisitir!
Um abraço,
ED

1 comentário:

Anónimo disse...

Resistência - Parte 2: Escola Secundária Alcaides De Faria (Barcelos)

É com orgulho que vos informo, que hoje, 18 de Dezembro, na reunião geral de professores, dando seguimento ao processo de luta e não permitindo que nos maltratem com intrujices e ilegalidades encapotadas, os professores da Escola Secundária Alcaides de Faria em Barcelos recusaram, novamente, fazer entrega dos objectivos individuais e reiteram a suspensão do modelo de avaliação.
Por favor divulguem e que todas as escolas continuem a resistir. Não podemos cair no logro da chantagem nem nos podemos intimidar com a pressão ditatorial das Direcções Regionais ou dos comissários políticos das Coordenações de Acompanhamento às escolas. Já não é só a avaliação que está em imposição, já não é só a luta que está sob coacção é, e cada vez mais, a democracia que está em causa.
Um abraço tonificante

José Maria Cardoso

M O Ç Ã O


Assunto: AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOCENTE

Os/as professores/as abaixo-assinados/as comprometem-se a não entregar os objectivos individuais e recusam participar em qualquer procedimento destinado a viabilizar este modelo de avaliação, por considerarem:

1. que o modelo de avaliação de desempenho consagrado no Decreto Regulamentar 2/2008 não satisfaz as expectativas de valorização da qualidade da escola pública e do desempenho docente;

2. que a seriedade de um modelo alternativo de avaliação só pode ser equacionada à luz da revogação do Estatuto da Carreira Docente que desfaça a fractura entre professores titulares e professores, sendo este um dos aspectos que mais descredibiliza o modelo imposto pelo Governo;

3. que o “simplex” abandona a componente científica e pedagógica do trabalho docente, caricaturando as pretensões de avaliação e não mexendo na essência do modelo, numa estratégia que só visa manter a sua face até às próximas eleições;

4. que a pressão exercida pelo ME, nomeadamente com o uso abusivo dos endereços electrónicos dos professores, inundando-os de propaganda, ou com as ilegalidades cometidas com os objectivos “On-line” e a dispensa de publicação de competências em Diário da República, são intoleráveis;

5. que não estão reunidas as condições materiais para a prossecução deste modelo de avaliação, mormente pela sobrecarga horária que ele impõe com claro prejuízo para o trabalho com os alunos.

Escola Secundária Alcaides de Faria / Barcelos, 18 de Dezembro de 2008
www.educar.wordpress.com/2008/12/19/resistencia-parte-2-escola-secundaria-alcaides-de-faria-barcelos/

Ana

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page