sábado, 10 de janeiro de 2009

CARTA A ENVIAR AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

"Em tempo de guerra não se limpam armas." Todas as acções são pequenos contributos para podermos vencer esta luta. Não desistiremos!

Relativamente ao confronto aberto contra os professores, declarado por uma equipa ministerial de um governo prepotente, o senhor Presidente da República tem mantido um silêncio demolidor, despreocupado e concordante com o governo.

Os professores não podem compactuar com esta postura do Presidente da República, quando está em jogo o ensino público e toda uma classe com responsabilidade na educação do País.

Já que o senhor Presidente da República não tem atendido os pedidos públicos que lhe têm sido feitos, sugerimos que os professores lhe entupam o correio, enviando uma carta, em nome individual, que aqui publicamos, através da qual manifestam as suas preocupações.

Esta carta pode/deve ainda ser enviada a outras entidades, cujos endreços se apresentam no final.




Exmo. Sr. _________________

Envio-lhe esta carta para exprimir a minha preocupação com o ambiente que hoje se vive nas escolas públicas portuguesas. Os professores sentem-se desmotivados, cansados por um quotidiano de trabalho onde a dedicação ao ensino e aos alunos é cada vez mais lateral, absorvido como é por tarefas burocráticas, por horas a fio de reuniões, por uma sobrecarga de incumbências que em nada contribuem para a melhoria efectiva dos resultados escolares. Vejo que os professores se sentem também continuamente agredidos por uma equipa ministerial apostada em fazer deles uma massa amorfa e obediente, condicionada pelo medo para cumprir mecanicamente a enxurrada de legislação que o Ministério da Educação despeja sobre as escolas. Ministério que, por seu turno, não tem escondido o desprezo por essa classe profissional, teimando em não reconhecer a importância vital da sua função numa sociedade, como a portuguesa, que permanece a braços com um enorme défice de conhecimento e de qualificação. Compreendo, por isso, a inquietude com que muitos docentes encaram a forma como este governo tem procurado mascarar a crise da escola pública, ocultando-a por baixo da promessa ilusória de novas tecnologias da informação, como se elas pudessem, por si só, substituir-se ao processo de transmissão e de interiorização de saberes no qual professor e aluno são protagonistas essenciais. Do mesmo modo, compreendo e preocupo-me perante a denúncia que os professores fazem do fabrico de sucesso escolar artificial e fraudulento, obtido em exames nacionais simplificados ou por meio da pressão que o actual modelo de avaliação dos docentes exerce para estes inflacionarem as classificações dos seus alunos. Face a uma tal manipulação, constato como é falsa a acusação de serem os professores os principais responsáveis pelo insucesso escolar dos jovens portugueses. Verifico, pelo contrário, que os professores estão a remar contra muitas marés que têm conduzido a esse resultado, e que a maior parte delas emana do próprio Ministério da Educação.

Entendo que a causa que, hoje, move o protesto e a luta dos professores não é uma causa corporativa, mas sim uma causa de todos nós, cidadãos empenhados em não hipotecar o futuro das novas gerações de portugueses, cidadãos que percebem a importância de ter uma classe docente valorizada, social e politicamente reconhecida, sem a qual não será possível assegurar um ensino de rigor e qualidade que possa constituir um pilar de uma sociedade moderna e genuinamente democrática.

Subscrevo-me com os melhores cumprimentos,

Assinatura:___________________________________
Bilhete de Identidade:_______________
Localidade:_______________ Data:________________



ENTIDADES A CONTACTAR:

Presidente da República
Palácio de Belém
Calçada da Ajuda, n.º 11
1349-022 Lisboa

Ministério da Educação
Morada: Av. 5 de Outubro, 107
1096-018 Lisboa

Gabinete do Primeiro-Ministro
Rua da Imprensa à Estrela, 4
1200-888 Lisboa

Grupos Parlamentares da Assembleia da República
Palácio de S. Bento
1249-068 Lisboa

1 comentário:

Anónimo disse...

talvez fosse vantajoso connhecer-se também o correio electrónico relativoa aestas entidades.

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page