domingo, 18 de janeiro de 2009

MENSAGEM AOS PORTUGUESES

MOVIMENTOS DE PROFESSORES DIRIGEM UMA ESCLARECEDORA E CONVINCENTE MENSAGEM AOS PORTUGUESES


Os professores vêem-se na necessidade de proceder a formas de luta, depois de terem tentado de todas as maneiras que a suas opiniões fossem tomadas em consideração na elaboração de várias leis que estão a contribuir para que a confusão e o mal-estar se instalem nas nossas escolas: fizeram abaixo-assinados, vigílias e dezenas de manifestações – duas das quais com mais de 100 mil professores –, sendo estas formas de luta desenvolvidas ao fim do dia ou aos sábados para não prejudicar os alunos.

O que querem os professores?

- Querem que as escolas continuem a ser geridas democraticamente.
Não querem voltar a ter um reitor à moda antiga; Só dando exemplo diário de democracia é possível formar consequentemente para a democracia.

- Querem ser avaliados por processos justos e que contribuam para o seu aperfeiçoamento profissional.

- Querem ter uma carreira única, digna, em que o mérito seja sempre premiado e não uma carreira dividida artificialmente, onde o mérito só é premiado em alguns casos.

- Querem ser tratados com respeito e que as suas opiniões sejam tidas em consideração na elaboração de diversas leis que o governo – em desprezo pelos que estão há anos no terreno – procura impor, ignorando todos.

- Querem leis que valorizem a sua função e os ajudem a combater a indisciplina e a violência que tem vindo a crescer nas escolas e não a sua constante desautorização e desvalorização por parte do ME.

- Desejam uma escola que ministre um ensino de qualidade, onde os alunos passem de ano a dominar as matérias e não uma escola que não prepara para a vida e que permite a passagem indiferenciadamente, para ficar bem vista nas estatísticas europeias.

- Não estão a reivindicar aumentos salariais – apesar de a crise ser profunda e a classe, desde há oito anos, ter vindo a ver decrescer o seu salário real.

Embora, pelas razões expostas, os professores se vejam obrigados a lutar, irão empenhar-se para garantir a leccionação das matérias previstas.

Os professores desejam salientar que não esquecerão os seus alunos e reiteram que esta luta é de todos – pais, alunos e professores – por uma escola pública de qualidade.

APEDE (Associação de Professores e Educadores em Defesa do Ensino)
CDEP (Comissão em Defesa da Escola Pública)
MEP (Movimento Escola Pública)
MUP (Movimento de Mobilização e Unidade dos Professores)
PROmova (PROFESSORES - Movimento de Valorização)

1 comentário:

Anónimo disse...

ANÓNIMO

Recebi agora:

CARTA DE UM PROFESSOR QUE RESPONDE A UMA ALUNA SOBRE A GREVE, MAIS EXACTAMENTE SE O PROFESSOR FAZ GREVE NO DIA 19 JANEIRO. O Professor responde:

PARA: Emília 11º ANO

Emília, essa decisão é, normalmente tomada, no próprio dia e de acordo com a consciência e escolha de cada um. Mas para não ficares na expectativa e para poderes organizar a tua vida, eu respondo à tua pergunta.

Contra a minha vontade, faço Greve. Preferia não fazer! Não gosto de fazer Greves! Mas este momento é importante para os Professores. Os Professores estão a lutar por uma Escola melhor. Ao contrário do que se diz não pedem mais Salário nem regalias. Só pedem uma Escola melhor. Os Professores esperam recuperar a sua dignidade e por isso fazem Greve. Eu faço Greve! A minha primeira Greve em 20 anos.
E tu como minha aluna sabes que tenho dado o máximo e que vos trato bem. Preferia estar convosco para mais uma aventura pedagõgica. Como costumam ser as nossas aulas. Mas estou cansado. Cansado de ser tratado com desconsideração, como se fosse mandrião e irresponsável. Agora, aos 20 anos de trabalho é que tenho de provar que sou bom Professor, que não falto, que vos acompanho no que precisam, sempre e sempre disponível. Deixei de ter palavra nos Orgãos da Escola; sou olhado na rua como um preguiçoso, como alguém que não quer trabalhar.
Não me parece justo! Estou desolado! Muito triste!
Por isso faço Greve!

Peço desculpa por esta resposta tão longa, quando apenas precisavas de saber se tinhas ou não aula.
Não, amanhã não tens aula. Podes descansar um pouco, em casa.
Amanhã, vou cumprir um direito de cidadania, a pensar que preferia estar na Escola junto dos meus alunos.

Mantenho a esperança em dias melhores!

Podes passar a palavra aos teus colegas, para não terem de se deslocar à Escola para a nossa Aula.

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page