segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

SONHAR...

Opinião de J. A. Faria Pinto
Hoje, dois anos depois de publicado o Estatuto da Carreira Docente do PSócrates, dia de greve dos professores, animado pelos níveis de adesão à greve e pelo almoço bem regado, participei numa reflexão, à sobremesa, que podia ser um programa de intervenção para o que resta das nossas vidas, e que, por isso, gostaria de partilhar e discutir com todos aqueles que não se limitam a passar por este mundo com a cabeça entre as orelhas. Poupando nos argumentos e nos pressupostos, pode-se resumir assim:

1. No plano educativo, a finalidade última de cada tostão gasto em educação devia ser a de dar a cada aluno uma completa autonomia, tanto no plano material (competências para satisfazer as suas necessidades básicas), como no plano espiritual (capacidade para desconstruir qualquer discurso político, ideológico, filosófico ou religioso).

2. No plano sindical, devíamos caminhar no sentido de criar uma única organização representativa de todos os professores, com um funcionamento democrático acima de toda a suspeita, e com uma direcção em que todos os distritos e todos os sectores de ensino estivessem representados.

3. No plano político, todos os esforços deveriam ser feitos para que os eleitores tivessem a oportunidade de, nas próximas eleições, poderem votar numa Plataforma de Esquerda constituída pelo PCP, Bloco de Esquerda, MIC (do Manuel Alegre e Helena Roseta), e Renovação Comunista.

Ponto único e decisivo: Difícil? Todos sabemos! Mas sonhar não custa nada. A realidade, essa sim, custa muito, porque depende, em parte, da nossa vontade. Seja como for, um abraço.

Sem comentários:

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page