sábado, 7 de março de 2009

"A CULPA VAI MORRER SOLTEIRA"

A ministra também já pediu desculpa aos professores por tê-los desmotivado, mas nem por isso revelou firme propósito de emenda. Pelo contrário, do ministério começaram a vir pressões e ameaças.

Assim, bastará pedir desculpa? Que se esconde atrás dela?

Ministério assumirá mesmo as responsabilidades? Como?


Clique aqui para ouvir as declarações de J. Pedreira e J. Paulo Carvalho.



Educação

Ministério pede desculpa por erros em computador Magalhães

O ministério da Educação pediu desculpa pelos erros detectados no computador Magalhães e disse que têm de ser tomadas medidas para resolver a situação. Já o deputado José Paulo Carvalho insiste que a responsabilidade é de José Sócrates.

O ministério da Educação lamentou os vários erros, entre os quais estão gralhas e frases sem sentido, que foram detectados no computador Magalhães e apresentou um pedido de desculpas às famílias das crianças que receberam este portátil.

«Infelizmente, não foi possível detectar no momento adequado essas deficiências e esses erros e aquilo que temos a fazer é naturalmente lamentar que esses erros tenham ocorrido e pedir desculpa às famílias», explicou Jorge Pedreira.

Ouvido pela TSF, o secretário de Estado Adjunto da Educação diz que têm agora de ser tomadas medidas para a correcção mais rápida possível da situação, o que já foi feito por parte do Ministério.

Jorge Pedreira assegurou que a Direcção-geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular já solicitou a desinstalação do software à empresa responsável pelo software.

Para resolver o problema nos computadores já distribuídos, foi já feito um manual de instruções que vai permitir que os professores e pais possam realizar a desinstalação deste software de imediato.

O secretário de Estado Adjunto da Educação diz que esta situação aconteceu após uma falha de controlo e afirmou que o Ministério assume as suas responsabilidades.

Jorge Pedreira explicou que os funcionários encarregados desta situação viram os menus, mas não viram as instruções do jogo onde estão estes erros.

«Não deviam ter deixado passar. Eles próprios estão certamente penalizados por isso ter acontecido. Naturalmente, cabe ao ministério assumir a parte que lhe toca da responsabilidade», concluiu.

Em declarações à TSF, o deputado José Paulo Carvalho, que deu conta destes problemas, mostrou-se surpreendido com tão rápida reacção do Ministério da Educação, mas insiste que as responsabilidades pertencem ao primeiro-ministro.

«Fico surpreendido com a pronta reacção por parte do Ministério da Educação, mas há aqui um comentário que me merece: é que é o senhor primeiro-ministro que é a pessoa que politicamente responsável por esta falha», explicou.

José Paulo Carvalho considerou que José Sócrates «se está a esconder cobardemente» nesta questão e «depois de o Ministério da Educação ter assumido as suas responsabilidades acho que o principal responsável tem de falar».

«Claro que mantenho o pedido de explicações ao primeiro-ministro. O senhor primeiro-ministro não pode só colher os louros da distribuição do Magalhães, inclusive a nível internacional, e depois quando se descobre uma bronca esconde-se atrás das responsabilidades», acrescentou.

In TSF.

Sem comentários:

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page