segunda-feira, 23 de março de 2009

DA DENTADA AO TIRO

Atenção que houve ameaça de tiro!

Continuo a pensar que os responsáveis do Ministério têm de começar a responder, civil e criminalmente, por estes factos, visto serem os causadores destas situações pela "desautorização dos professores" e pela negligência sistemática face à realidade.



Porto: Incidente ocorreu à porta da escola e foi presenciado por alunos

Professora agredida à dentada por avó

Uma professora de Geografia da Escola Secundária Fontes Pereira de Melo, no Porto, foi anteontem agredida "à bofetada e dentada" pela avó de um aluno de 15 anos, que frequenta o 10º ano do curso profissional de Turismo. A docente vai apresentar queixa à polícia amanhã.

A agressão à docente, de 53 anos, foi presenciada por vários alunos e aconteceu mesmo à porta da escola, quando a professora foi surpreendida pela encarregada de educação. A vítima preparava-se para sair num um passeio de estudo ao Palácio de Cristal.

"A senhora começou a berrar e de um momento para o outro agrediu a minha colega. Deu-lhe duas bofetadas e uma dentada", disse ao CM Paulo Teixeira Sousa, professor de Matemática naquela escola.

Segundo aquele docente, o aluno do curso profissional mantém com a professora de Geografia uma relação tensa. Num dos episódios mais graves, terá mesmo "insultado e batido a porta à professora".

Posteriormente, o aluno foi levado à sala de indisciplina e foi-lhe imposta uma sanção: a suspensão por três dias. A encarregada de educação foi chamada à escola para discutir a situação disciplinar do jovem . "Não aceitou o que a directora de turma lhe disse e afirmou que lhe estavam a fazer a cabeça contra o neto", disse Paulo Teixeira Sousa.

Segundo o CM apurou, este foi o primeiro episódio de violência contra professores naquela escola, onde só há registo de pequenas escaramuças entre alunos e que acontecem esporadicamente.

PORMENORES

AMEAÇAS

Segundo o professor Paulo Sousa, os familiares do aluno de 15 anos voltaram à escola depois da agressão e ameaçaram dar tiros ao porteiro e à professora.

SINDICATO

Abel Macedo, do sindicato de Professores do Norte, afirmou ao CM que se vive uma fase complicada nas escolas, devido "à desautorização dos professores".

VILA DO CONDE

O mesmo sindicalista considera "preocupante" o caso dos dois carros de professores que foram incendiados numa escola de Mindelo.

In CM.

1 comentário:

Anónimo disse...

Quantos de nós vamos ter de morrer?
O silêncio de um país inteiro é insustentável!

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page