terça-feira, 17 de março de 2009

O QUE A MINISTRA QUER É O CAOS

Há muito tempo, e por diversas vezes, fomos alertando que um dos objectivos do ME é lançar o caos nas escolas como meio de alcançar o objectivo final: destruir a escola pública.


Escolas recusam-se a processar professores

PATRÍCIA JESUS


Avaliação. Ministra remeteu para conselhos executivos decisões sobre penalizações

Presidentes sentem-se confusos e reclamam orientações do Ministério

"O Ministério da Educação quer passar para as escolas a responsabilidade de punir os professores que não entreguem os Objectivo Individuais (OI) porque também não encontra respostas" para este problema. É assim que Rosário Gama, presidente da Escola Infanta Dona Maria, em Coimbra, interpreta as afirmações da ministra sobre caber às escolas decidir que sanções aplicar a quem não cumprir esta fase do processo. Mas se a responsabilidade recair sobre as escolas, uma coisa é certa: muitas não encontram base na lei para punir os docentes.

Em entrevista ao Jornal de Notícias, a governante disse que "pode ou não haver penalizações" e que "isso será com cada escola". Para os presidentes dos conselhos executivos contactados pelo DN, é da competência dos estabelecimentos de ensino instaurar os processos disciplinares mas cabe ao Ministério esclarecer se há razões para o fazer. Muitas escolas entendem que não e outras continuam à espera que a tutela esclareça este tema polémico.

"O ónus dessa decisão não pode ficar nos ombros mais ou menos espadaúdos de quem exerce o poder nas escolas. Uma das nossas responsabilidades é cumprir a lei, mas a lei tem de ser clara. Convinha que não sentíssemos que andamos a fazer o trabalho sujo", diz Isabel Le Gué, porta-voz de um grupo de presidentes de escolas que contestam a avaliação. As palavras de Maria de Lurdes Rodrigues deixaram-na perplexa. "Estas questões são tão determinantes na carreira dos professores que não podem ser decididas por cada escola", reforça.

Ou seja, "não é justo para os professores umas escolas procederem de uma maneira e outras de outra", salienta Eduarda Carvalho, a presidente do Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares. Aliás, só o risco de não ser avaliado já é uma penalização enorme, uma vez que implica não progredir na carreira, lembra.

Na sua escola, tal como na Infanta Dona Maria e nas 212 - onde foi assumido que a entrega dos OI não é necessária -, não se tenciona punir nenhum professor por não entregá--los. Nestes casos, os conselhos executivos assumiram que os objectivos do projecto educativo da escola e do plano anual de actividades podem nortear a avaliação. Assim, só é necessário que os docentes façam a auto-avaliação no final do ano.

Por outro lado, as palavras da ministra só contribuíram para confundir mais os responsáveis que ainda estão à espera de respostas, como Fernando Mota, da secundária de Pombal. "Com que base jurídica é que vou penalizar os professores que não entregaram os OI? Se o ministério não é capaz de dar uma resposta clara relativamente a isso, não somos nós que vamos dar", diz.

Também Jorge Jerónimo, da secundária de D. Duarte, em Coimbra, onde só cinco docentes entregaram os OI, continua à espera de resposta à pergunta "o que é que acontece aos professores que não o fizeram?"


In Diário de Notícias.

2 comentários:

Anónimo disse...

Assim como houve colegas que entregaram objectivos, porque já não há princípios nem dignidade na profissão de professor, tb vai haver executivos que vão ter prazer em penalizar os colegas! Isto só se contraria com greves à avaliação, caos total nas escolas, desespero dos pais, e ministra e Sócrates para a rua, de uma vez por todas! Até quando nos vamos deixar arrastar na lama? Será difícil de perceber isto?
Os sindicatos e os movimentos têm que se organizar, juntos motivar para a acção, mas é já!Não sei se podemos esperar pelas eleições! Os tótós estão em todos os partidos! Temos que ser nós a agir, não podemos confiar!Pensem nisto, a sério, começa a ser tarde..
Celeste
Esgueira 23 EB

Ni disse...

É mais uma vergonhosa manifestação da vergonhosa falta de escrúpulos típica deste vergonhoso governo! Responsabilizar os CE pela aplicação de uma lei que o próprio ministério sabe que não pode aplicar, é a prova cabal da cobardia que caracteriza os "cérebros" que governam os nossos destinos. Não tenhamos ilusões: ou agimos rapidamente ou eles comem tudo!Eles andam aí, Os vampiros e vampiras do sec XXI, nostálgicos do exercício do poder aterrorizador. Se pararmos agora, eles ganham! E nós não podemos deixar.

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page