quinta-feira, 14 de maio de 2009

HÁ QUEM DEFENDA O USO DE UNIFORME

Ensino: CONFAP acredita ser uma forma de esbater diferenças sociais
Pais querem uniforme nas escolas públicas

A Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap) defende que as escolas públicas adoptem um uniforme para os alunos, com o objectivo de esbater as desigualdades sociais. António Amaral, vice-presidente da confederação e presidente da Federação Regional de Setúbal, afirma ao CM que "a adopção de um uniforme é um assunto muitas vezes discutido nas escolas, numa altura em que se ultimam os pormenores dos regulamentos internos".

A questão surge na sequência da notícia publicada ontem pelo CM: a EB 2,3 José Maria dos Santos, no Pinhal Novo (Palmela), aconselha a não utilização de decotes exagerados e saias muito curtas. "A utilização de um emblema para cada escola ou agrupamento permitiria aos alunos criar uma identificação com a escola", explica António Amaral.

Quanto à possibilidade de as escolas adoptarem o uniforme à escala nacional, António Amaral refere que "na generalidade dos casos seria difícil, pois existe muita resistência por parte de alguns pais e, principalmente, dos alunos". No entanto, o vice-presidente da Confap assegura que há muitas escolas com condições para isso acontecer. "A escola pública pretende-se igual para todos, mas há situações de alunos que aparecem com roupa de marca e outras crianças que nem a higiene básica fazem. A existência de um uniforme iria esbater as desigualdades sociais."

"NEM TODOS OS PAIS ESTÃO DE ACORDO"

Mário Grazina, da Associação de Pais da EB 2,3 José Maria dos Santos, no Pinhal Novo, reconhece que há pais que não concordam com o regulamento interno que proíbe a utilização de roupa inapropriada. "No início de cada ano lectivo, todos os alunos e pais são informados do regulamento. Sabemos que nem todos estão de acordo, mas nunca fomos abordados por pais ou encarregados de educação a manifestarem-se contra a medida", explicou Mário Grazina ao CM, mostrando total apoio à alínea introduzida em 2005 e que proíbe decotes e minissaias.

PORMENORES

AUTONOMIA DAS ESCOLAS

Compete a cada escola definir o regulamento interno, podendo definir a utilização de um uniforme caso exista consenso na comunidade escolar.

COLÉGIOS PRIVADOS

Há inúmeras instituições privadas que obrigam os alunos à utilização de um uniforme.

2 comentários:

celeste disse...

em vez da confap estar preocupada com os uniformes, devia ter muito mais preocupaçoes com o rácio das auxiliares de acção educativa nos ji e escolas.
que vergonha de decisão na portaria de setembro : 1 AAE para 40 crianças nos ji .(?)
Alguém que realmente saiba como são 2 ou 3 crianças juntas, imagina como são 40?
Tá tudo doido...

Anónimo disse...

Querem fazer dos portugueses um bando de carneiros! Todos sem pensar e vestuário igual. Haja paciência!

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page