segunda-feira, 11 de maio de 2009

PROPOR O ÓBVIO

A maior aberração feita em Portugal, em termos de Educação, foi a divisão desnecessária, espúria e injusta dos professores em duas categorias para o exercício da mesma função, seguindo e copiando o modelo terceiro-mundista do Chile. Essa divisão, como todos sabem, não existe em nenhum país da Europa desenvolvida.

Temos esperança de que tudo isto volte à "estaca zero"! E só não vê quem não quer.




Jornadas parlamentares começam hoje
CDS-PP propõe fim dos professores titulares

11.05.2009 - 07h48 Sofia Rodrigues

Criar uma carreira única de docência - terminando com a categoria de professor titular - e ao mesmo tempo permitir que os professores optem por uma carreira alternativa é a nova proposta do CDS-PP para apaziguar o clima nas escolas. A solução será colocada no site do partido durante as jornadas parlamentares dos democratas-cristãos, que decorrem hoje e amanhã em Aveiro.

A proposta de reestruturação do estatuto de carreira docente do ensino básico e secundário ficará disponível on-line para consulta pública nos próximos 20 dias, sendo depois transformada em projecto de resolução, que será apresentado à Assembleia da República. O CDS-PP preconiza o fim da categoria do professor titular - uma das medidas do PS mais contestadas - mas ao mesmo tempo permite que os docentes possam escolher uma carreira alternativa que lhes conceda mais responsabilidades na escola.

"Acabamos com os constrangimentos nas escolas para criar um clima de paz", justifica o líder da bancada parlamentar dos populares, Diogo Feio.

Economia, agricultura e segurança serão outros temas que vão estar em cima da mesa durante as jornadas, que contam com as intervenções de António Lobo Xavier (ex-deputado do CDS-PP), Sevinate Pinto, (ex-ministro da agricultura) e Leonel Carvalho, secretário-geral do Gabinete Coordenador de Segurança.


In Público.

2 comentários:

Lelé Batita disse...

Esta proposta é o que faria qualquer pessoa de bom senso, que parece ser o que não abunda neste Ministério da Educação do governo PS.
Precisavam de ter a resposta à altura nas próximas eleições legislativas.
Quem semeia ventos...
Abraços para ti, Ilídio.

Anónimo disse...

Querer evitar chegar ao topo de uma carreira só poderá fazer sentido quando ele é bem remunerado.
No caso do pessoal docente o topo não é nada de especial! E todos os escalões anteriores são muito mal remunerados.Isto porque os docentes têm uma formação superior e contínua para responder aos constantes desafios.
Diga-se com coragem que é ridículo aquilo que se paga à maior parte dos docentes. E que, ainda por cima, estes pagam muita coisa do próprio bolso para trabalhar! O patrão é muito mesquinho!

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page