quarta-feira, 29 de julho de 2009

ENCONTRO DOS MOVIMENTOS INDEPENDENTES COM SANTANA CASTILHO

António Ferreira (APEDE); Nicolau Marques (APEDE); José Farinha (MUP), Mário Machaqueiro (APEDE); Ricardo Silva (APEDE); Santana Castilho (Convidado de Honra); Ilídio Trindade (MUP); Octávio Gonçalves (PROmova); Pedro Areias (PROmova); José Pimpão (APEDE); José Aníbal (PROmova).

Coincidência de posições em matéria de política educativa entre os movimentos independentes de professores e Santana Castilho

Os representantes dos movimentos independentes de professores (APEDE, MUP e PROmova) encontraram-se, no dia 28 de Julho e no quadro de um almoço informal, com o Professor Santana Castilho, com quem debateram o actual momento da educação em Portugal.

Da informalidade do diálogo ocorrido, ressaltou a constatação de uma notável convergência entre as reivindicações dos movimentos de professores e as ideias e posições assumidas por Santana Castilho.

Além desta sintonia, tivemos oportunidade de confirmar o perfil de voz autorizada, de coerência e de independência que constitui Santana Castilho, assumindo-se como uma referência exemplar para os movimentos de professores.

Tendo em conta o actual contexto político e o panorama académico nacionais, não temos dúvidas em afirmar que Santana Castilho é a pessoa melhor preparada, do ponto de vista técnico, científico e político, para assumir responsabilidades governativas na área da Educação, além de representar para os professores portugueses um modelo de oposição coerente e fundamentada às afrontosas e erradas políticas educativas deste Governo.

Neste momento, Santana Castilho constitui a figura pública capaz de devolver a tranquilidade de que os professores e a escola pública carecem e de funcionar como catalisador da motivação e da disponibilidade dos professores para trabalharem empenhadamente nas melhores soluções para a escola pública.

Conhecedores das ideias e da determinação do professor Santana Castilho, consideramos que o conhecimento público e atempado do seu envolvimento numa alternativa de Governo na área da Educação constituirá, seguramente, uma não despicienda vantagem eleitoral para o partido que tenha a inteligência de saber contar com ele.

4 comentários:

Anónimo disse...

É curioso que, numa profissão maioritariamente feminina, raramente (senão nunca)apareçam mulheres a liderar ou a dar a cara por estes movimentos e, até, pelos sindicatos! Alguém terá uma resposta?

Anónimo disse...

Será para melhor enfrentar a ministra?

Anónimo disse...

Se fôr o próximo Ministro da Educação, só espero que o Professor Santana Castilho "não se estrague".

Anónimo disse...

Santana Castilho é das pernalidades que mais sabe de Educação e tem estado do lado dos professores.

Seria um excelente ministro.

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page