quarta-feira, 1 de julho de 2009

GOVERNO TENTA BLINDAR A DIVISÃO DA CARREIRA DOCENTE

A posição agora assumida pela FENPROF mostra, à saciedade, aquilo de que todos nós suspeitávamos: que o Governo e a equipa do Ministério da Educação, em particular, não estão de boa fé na negociação com os sindicatos e que tudo fazem para transformar a divisão da carreira docente em facto consumado.

Estará o PSD, na qualidade de partido em melhor situação de disputar a maioria dos votos ao PS nas próximas eleições legislativas, disposto a revogar essa componente fundamental do Estatuto da Carreira Docente?

Ou estará esse partido na intenção de não mexer na divisão da carreira, em nome dos "sagrados direitos adquiridos" dos professores titulares (a maior parte deles empenhados em renunciar a tão distintos "direitos" a fim de repor o direito a uma carreira digna para todos os professores).
Estas são as perguntas que muitos professores fazem, aguardando que o PSD se defina numa matéria tão crucial e tão sensível para milhares de professores deste país.

Quanto aos sindicatos, os professores também esperam que, perante mais esta afronta da parte do Ministério da Educação, essas estruturas promovam acções de luta eficazes e determinadas que dêem um sinal a TODOS os partidos de que não há qualquer margem de manobra para que um futuro governo mantenha a divisão da carreira docente.

Sem comentários:

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page