terça-feira, 14 de julho de 2009

ORGULHO E MALABARISMO

Onde está a credibilidade dos exames?

Quanto a dislates, o Ministério sente-se orgulhoso no facilitismo e pratica malabarismo no que dá jeito!



9.º ano
Negativas a Português sobem 70% num ano

Três em cada 10 alunos chumbaram na prova de Português. Na Matemática, as negativas 'melhoraram' para 34%. Ministério está orgulhoso.

As negativas no exame de Língua Portuguesa do 9.º ano aumentaram 70% em relação ao ano passado. No total, dos 89620 que fizeram a prova 26 943 (30%) ficaram abaixo da nota 3. Há um ano, com mais testes realizados, apenas 15 819 alunos (16,7%) tinham ficado entre o1 e o 2 no exame.

Na prática, a grande maioria dos alunos (70%) continua em terreno positivo. Mas, em declarações ao DN, Paulo Feytor Pinto, presidente da Associação dos Professores de Português (APP), confessou preocupação com o acréscimo de 11 124 negativas num ano, exigindo explicações ao Ministério da Educação.

"É preciso perceber porque é que as negativas quase duplicaram num ano, quais foram as questões em que os alunos sentiram mais dificuldades", disse ao DN. "Mas para dizer a verdade não estou muito optimista, porque ainda estamos à espera de respostas para as perguntas que fizemos ao Ministério em 2006, quando as negativas triplicaram", disse.

Para Paulo Feytor Pinto, a flutuação das notas à disciplina nos últimos anos - e não só no 9.º ano - é particularmente preocupante por não coincidir com estatísticas externas, que apontam para a "estabilidade" no nível dos alunos.

No relatório PISA, da OCDE, em que são avaliados alunos ao nível do 10.º ano, os resultados a Português têm-se mantido estáveis", lembrou. "Quando a avaliação não é nacional, as notas mantêm-se. Quando é nacional andam para cima e para baixo".

A Matemática, por outro lado, teve este ano uma evolução favorável. Em relação a 2008, houve menos 23% de negativas (quase menos 10 mil), num total de 32 651. No total , 65% dos mais de 90 mil alunos avaliados tiveram positiva. Porém, as análises dos especialistas da área não foram coincidentes.

Em declarações ao DN, Nuno Crato, da Sociedade Portuguesa de Matemática - que em Junho tinha considerado a prova "escandalosamente fácil" -, considerou que os resultados mostram apenas que "o Ministério não tem feito provas com critérios iguais" de ano para ano .

"Há uns tempos, um secretário de Estado [Valter Lemos] acusou-nos de termos contribuído para o agravamento dos resultados nos exames do 12.º ano", lembrou. "À parte o ridículo, porque comentamos sempre as provas a seguir e não antes, a verdade é que temos acertado sempre nas nossas previsões", considerou. "No dia do exame do 12.º ano, considerámos a prova mais razoável do que a de 2008 e as notas baixaram..."

Já Arsélio Martins, presidente da Associação dos Professores de Matemática (APM), fez uma análise bastante mais optimista aos resultados de ontem: "Os exames estão a ser cada vez menos um elemento de perturbação, penso que neste momento estamos a aproximar-nos de uma certa normalidade", afirmou à Lusa.

Este professor rejeitou também a ideia de que a prova deste ano tenha sido mais fácil:"[a prova] não era menos exigente do que nos anos anteriores. Tinha algumas coisas que exigiam alguma interpretação de gráficos, tabelas e linguagem escrita", defendeu.

Indiferente às críticas e às diferenças de análise, a ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, não escondeu ontem a satisfação com os resultados: "Gostava de sublinhar que a larga maioria dos alunos teve nota positiva tanto a Português como a Matemática", lembrou. "Isso deve-nos encher de orgulho. É muito positivo e muito bom para o País" .

Maria de Lurdes Rodrigues admitiu que "os resultados significam também que temos de continuar a trabalhar" e que "o País não se pode conformar" com estas médias No entanto, não deixou de defender que "há alguma consolidação dos resultados e também uma convergência entre os exames e o trabalho desenvolvido nas escolas" ao longo do ano.

In Diário de Notícias.

Sem comentários:

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page