sexta-feira, 17 de julho de 2009

SEM DÚVIDA

É próprio do homem errar. Mas persistir no erro já me parece uma forma de extravazar a "humanidade" e cair no fosso da loucura!

Governo e Ministério (quer dizer, aqueles cujo equívoco nacional lá colocou) continuam a sua farsa teimosa. Vêem o caos, e avançam na sua direcção; sabem-se a afundar, e continuam a sua submersão. E à minha cabeça vem aquela adivinha da minha avó: "Qual é o animal que, caindo à água não faz o mínimo esforço para se salvar?".

Não sabem? Eu também não digo, mas dá-se bem no deserto!


PSD
Continuar o regime simplificado de avaliação "é confissão do desastre da política educativa"

O PSD reagiu hoje ao anúncio da prorrogação o regime simplificado da avaliação de desempenho dos professores, considerando que se trata "de uma confissão do desastre que foi a política educativa" do Governo.

Em declarações à Agência Lusa, o deputado social-democrata Pedro Duarte salientou que, ao contrário do que pretendia, o Governo não conseguiu impor qualquer avaliação de desempenho dos professores e que a decisão hoje anunciada pela ministra da Educação "é uma medida que tem uma natureza eleitoralista".

"Evidencia que o Governo tentou transmitir uma imagem de coragem e reformismo mas, afinal, o que teve foi conflitualidade e arrogância. O que vale a pena perguntar é para que foram estes três anos de instabilidade e clima de guerrilha", questionou o deputado do PSD.

A ministra da Educação anunciou hoje a prorrogação do regime simplificado da avaliação de desempenho dos professores em termos idênticos ao aplicado este ano, porque neste momento seria "a solução mais adequada", adiando para a próxima legislatura a aprovação de alterações ao modelo original.

In Público.



Educação
BE diz que prorrogar regime simplificado de avaliação docente é "um erro trágico"

A deputada do Bloco de Esquerda, Ana Drago, considerou hoje que a prorrogação do regime simplificado da avaliação de desempenho dos professores é "um erro trágico" e que o Governo "perdeu a oportunidade" de acabar com este processo "doloroso"

O Ministério da Educação anunciou hoje a prorrogação do regime simplificado da avaliação de desempenho dos professores em termos idênticos ao aplicado este ano, adiando para a próxima legislatura a aprovação de alterações ao modelo original.

"O Governo e a senhora ministra perderam a oportunidade de colocar um ponto final num processo que foi muito doloroso para o sistema educativo", lamentou Ana Drago, classificando a decisão como "um erro trágico" que "não permite a pacificação do sistema educativo".

Para a deputada bloquista, era fundamental "começar de novo, ouvindo as pessoas" e admitir que "a estratégia foi errada".

Ana Drago declarou que o "modelo Simplex é uma absoluta farsa" e criticou o facto de se tratar de um processo "puramente burocrático" que visa apenas dificultar a progressão na carreira docente.

"O pior que podia acontecer era a manutenção deste modelo", sublinhou.

In Público.

Sem comentários:

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page