sábado, 5 de setembro de 2009

DIA 19 DE SETEMBRO, PROFESSORES EM LISBOA

Manifestação contra o "PS de Sócrates" marcada para dia 19
Professores voltam à rua a uma semana das eleições

Em plena campanha eleitoral os professores vão voltar à rua “contra o PS de Sócrates”. É o que prometem os chamados movimentos independentes, cujos representantes apelaram ontem aos colegas para que no dia 19, um sábado, se concentrem em Lisboa, numa “manifestação de protesto” que visa deixar claro o “repúdio pelas políticas educativas em curso” e “a disposição para continuarem a lutar”, caso aquelas não sejam alteradas.

“Não compreendemos as organizações sindicais, que aguardam os resultados das eleições para voltarem às manifestações. O importante é influenciar esses resultados e afastar do poder o PS de Sócrates, votando à esquerda ou à direita”, justificou, em declarações ao PÚBLICO, Octávio Gonçalves, do PROMOVA (Professores Movimento de Valorização), que a par da APEDE (Associação de Professores e Educadores em Defesa do Ensino) e do MUP (Movimento para a Mobilização e Unidade dos Professores) está a organizar a manifestação.

No comunicado conjunto divulgado nos respectivos blogues, os representantes dos movimentos prometem para breve os “detalhes organizativos e de pormenor”, mas adiantam que a manifestação irá decorrer, em simultâneo, às 15h00, em três locais distintos (a Assembleia da República, Ministério da Educação e Palácio de Belém).

“Naturalmente que quanto mais professores estiverem melhor, mas não temos o objectivo de fazer uma grande manifestação – temos noção de que, neste momento, os professores sentem que o protesto decisivo resultará da ida às urnas, dia 27”, afirmou Octávio Gonçalves.

Os três movimentos planeiam ainda divulgar, no decorrer da campanha eleitoral, uma carta aberta dirigida à população em geral, alertando para "as consequências desastrosas" da política educativa em curso “para a qualidade de ensino e para a formação das próximas gerações”, adiantou Octávio Gonçalves.

In Público.

3 comentários:

Jorge Correia disse...

Gostava de saber se estiverem meia duzia de professores nessa manifestação (ou 1000, ou 2000, ou 3000...) se não há o risco de um aproveitamento do Sócrates e da opinião pública de que os professores afinal estão a aceitar a DELICADEZA do ex-"injinheiro" ???

Acreditem, e tenham a certeza que de fora de Lisboa, praticamente NINGUÉM VAI !!!
NINGUÉM VAI !!!!
MUITO POUCO EXPRESSIVO.

Valerá a pena????? DUVIDO.

Anónimo disse...

Creio que, como diz o ditado "A ESPERANÇA É A ÚLTIMA A MORRER!", não podemos desanimar e duvidar "a priori" desta Manif.
No próximo dia 19 os Professores estarão, uma vez mais, de mãos dadas, a manifestar o seu repúdio a este governo! Sejam 100, 1000 ou 10000...não importa. No dia 27 responderemos com um NÃO!

VALE SEMPRE a PENA!

Eu estarei lá com os colegas da minha escola. Em vez de lamúrias e receios, seria melhor começar a organizar a viagem...

AB disse...

Independentemente do números de manifestantes queremos dizer que estamos atentos e que há muito para fazer, que a Educação assim está doente, que não vamos parar!

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page