terça-feira, 29 de setembro de 2009

E AGORA?

Bom, as eleições já passaram, e goste-se ou não dos resultados, a vida continua. Já vários bloggers, nomeadamente o Ramiro Marques, se questionaram sobre o que fazer de agora em diante. Paulo Guinote, que sempre esteve na linha da frente da luta contra Sócrates e MLR, já afirmou que irá reduzir o fluxo de posts do seu blog, se bem que se manterá atento às lutas que poderão surgir. Outros, no rescaldo dos resultados da noite eleitoral, mantêm uma posição de desconfiança em relação aos tempos que aí vêm, advertindo que a luta terá que continuar...

Pessoalmente também sou da mesma opinião. A luta terá que continuar até que o ECD seja revisto e a divisão da carreira seja extinta. Esta é que é a base das principais malfeitorias do governo maioritário de Sócrates. Praticamente tudo o que de mau foi feito contra os professores advém daí. A questão da avaliação e do duplo sistema de cotas vem daí, tal como a prova de ingresso na carreira. A unica coisa boa no meio destes 4 anos de governação sócretina foi a união que passou a haver entre os professores. E temos que aproveitar esse facto para nos mantermos unidos e podermos levar as nossas reivindicações avante.

É importante que os movimentos tentem chegar novamente junto dos partidos da oposição para que se comecem a dar os primeiros passos no cumprimento do compromisso educação, assinado entre os movimentos independentes e PSD, CDS, BE e CDU. O Bloco parece demonstrar vontade em avançar desde já. É preciso que os restantes partidos se sigam.

É necessário que os sindicatos comecem desde já a fazer o que lhes compete em matéria de negociação. Parecem começar a movimentar-se. Espero que assim que o novo governo tome posse e seja conhecido o novo responsável pela pasta da educação, essa movimentação se torne efectiva.

É necessário que os professores se mantenham coesos e que, ao contrário do ano passado, não cedam na questão dos Objectivos Individuais quando muitos Directores já começam a pressionar, pois o cenário pós-27 de Setembro é diferente. É necessário que não cedam à tentação de concorrer a titulares.Só desta forma poderemos alcançar o fim da divisão da carreira e a revogação do ECD.

In Lusoeduca

5 comentários:

Maria GS disse...

Após as Legislativas, os Professores poderão tirar a principal conclusão: É IMPORTANTE MANTERMO-NOS UNIDOS!
Creio que todo o esforço feito pela classe docente ao longo destes últimos anos surtiu alguns efeitos que não são de desprezar. MLR e seus Secretários não levaram a melhor. Apesar de Sócrates ter considerado "uma vitória extraordinária" (outra coisa não seria de esperar!), na verdade não o foi - os votos dos portugueses ficam divididos, retirando ao PS a maioria absoluta. Isto faz toda a diferença! O lema de "quero, posso e mando" (que caracteriza este líder), está bloqueado pela posição dos outros partidos. E ainda bem!
A luta pela revisão do ECD deve continuar! Estarmos ATENTOS e UNIDOS deverá ser a postura dos Professores, para, duma vez por todas, recuperarmos a tranquilidade e paz necessárias ao exercío eficaz da nossa profissão!
Um abraço.

Anónimo disse...

sou aluna e nao percebo o porquê de tanta perceguição ao Socrates e plagios que os professores fizeram ao livro do Miguel Sousa Tavares no entanto praticamente todos os funcinários publicos são avaliados da mesma maneira que voces.

Anónimo disse...

e agora ide trabalhar malandros que épara isso que desconto 40% do que ganho.... malandros

Maria R. disse...

Sou Professora e também sou aluna. Sou esposa e mãe de dois filhos que não conseguem emprego, mesmo com curso superior...Também eu desconto uma enormidade...que possivelmente não irei beneficiar!
Para a anónima aluna, uma sugestão: será melhor documentar-se para concluir que a luta dos Professores não é a avaliação.
Para o anónimo que nos chama de "malandros", saiba que os 40% de descontos vão para o Estado e não para os Professores. Também deixo uma sugestão: peça a qualquer um de nós, professores, para estar um dia inteiro numa escola a ver de perto o que lá se passa...e depois, sim, diga alguma coisa!
Para ambos, um abraço!

Anónimo disse...

Respondo à anónima estudante: os Professores contestam por um ensino melhor. Um dos objectivos é fazer com que os nossos alunos sejam mais cultos e escrevam sem erros...
Para o anónimo que desconta 40%, considere-se sortudo, pois se desconta essa percentagem, certamente tem rendimentos para tal... O que desconta vai direitinho para os cofres do Estado, tal como os meus descontos e de todos os Portugueses! Terá que questionar o Governo o que faz ao dinheiro dos contribuintes...

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page