terça-feira, 10 de novembro de 2009

FIRMEZA E DETERMINAÇÃO

Educação
Movimentos de professores pedem aos sindicatos "firmeza" e "determinação"

Os movimentos independentes de professores apelam aos sindicatos para que tenham "firmeza" e "determinação" durante as reuniões de hoje com o Governo, sublinhando que nenhum acordo deverá ser alcançado sem a suspensão da avaliação e o fim da divisão da carreira.

"Esperamos que haja firmeza. Um eventual acordo só pode vir a passar pela suspensão do actual modelo de avaliação, o fim da divisão da carreira entre professores e professores titulares e a não contabilização dos efeitos das classificações do primeiro ciclo de avaliação", afirmou Ricardo Silva, coordenador da Associação de Professores em Defesa do Ensino (APEDE).

Para Ilídio Trindade, líder do Movimento Mobilização e Unidade dos Professores (MUP) é "urgente" a suspensão de um modelo de avaliação de desempenho que classifica de "perverso, injusto, burocrático" e "com meros objectivos economicistas".

"Têm de ser determinados na exigência desses três aspectos. É essencial para pacificar a escola pública", lembrou.

Segundo Ricardo Silva, os docentes não estão disponíveis para "mais memorandos, entendimentos e modelos de transição".

"Não queremos modelos que levem os professores a produzir papéis e mais papéis. O papel do professor não é esse", acrescentou.

A ministra da Educação, Isabel Alçada, reúne-se hoje com todos os sindicatos de professores, estando em agenda a avaliação de desempenho e o estatuto da carreira docente, matérias que provocaram as maiores manifestações de sempre de docentes.

In Diário de Notícias e Sol.

2 comentários:

celeste caleiro disse...

Será que custa assim tanto dizer: "suspendemos esta avaliaçao"? Era bom para tranquilizar os professores, os pais, as escolas..
Não, esta ministra, segundo as imagens televisivas, mete os pés pelas mãos, num estilo eufemístico, tanto diz que sim, como não, parece até que quer dizer sim, mas tem o Socras a controlar...Quero continuar a acreditar na acção dos sindicatos. Não nos desiludam. E não lhes dêem muito tempo para malabarismos
e sorrisos estratégicos...já nos fizeram muito mal, muito dele irremediável.
Hoje, numa reunião sindical, uma colega novinha, grávida, não sindicalizada, chorava...não está a aguentar o horário precário que lhe deram; outro colega de outra escola,suicidou-se, mais um...Tudo isto até quando? Nós temos reuniões pos-laborais que ninguém paga e a sra ministra vai andar até quando para se tomarem decisões urgentes? Custa assim tanto dizer "Esta avaliação fica suspensa"?
Por isso é que eu não estou nada confiante.Alguém me convença do contrário.

Anónimo disse...

...."segundo as imagens televisivas, mete os pés pelas mãos"
Também me pareceu !!! ou será que já estou cansado de tantas mentiras.

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page