quarta-feira, 25 de novembro de 2009

NÃO, NÃO E NÃO! ADD/PARTIDOS/INJUSTIÇAS/AMIGUISMOS

Texto recebido via e-mail, com o assunto do título, proveniente de reenvio, sem indicação de autor. Ainda assim, porque revela os sentimentos de muitos professores, aqui fica, e pura colagem.


Haja coerência! Voltaremos às Ruas!
Não foi na opinião dos meninos das bragas do psd, do Paulo Guinote, do Mário Nogueira, nem do Dias da Silva que votamos. Votamos nas promessas dos partidos da oposição: suspender a ADD.
Se a avaliação fosse suspensa ninguém progredia. Qual era o problema?
Já estivemos congelados desde 2005 até 2007, quando a inflação era muito elevada...o tempo é de sacrifícios e o da não progresssão só garantia justiça e não desorganização das graduações para efeitos de concurso.
Além disso, com justiça e boa vontada haveria sempre uma forma de progredir.
Imaginem só quem preencheu os excelentes das escolas? Os PS, amigos, familiares e influentes no caciquismo local.
Se o 1º ciclo avaliativo for aceite vai-se inverter toda a graduação profissional feita pelas notas dos cursos feitos nas universidades e pelo tempo de serviço acumulado andando de terra em terra de malas às costas e longe da família.
E os titulares? Vão agora preencher as vagas a que não tiveram acesso por lhes proibirem a participação no último concurso?
HAJA DECÊNCIA, COERÊNCIA... NÃO DESACREDITEM MAIS ESTA TRISTE DEMOCRACIA À PORTUGUESA!
O mérito e o trabalho feitos não foram avaliados, mas sim a obediência ao socratismo.

5 comentários:

Anónimo disse...

O post que se comenta é um retrato claro da situação no ensino e no país.
Cabe perguntar se uma avaliação que proporciona todas estas distorções e que permite ao director avaliar como quer e com todos os favoritismos aqueles que lhe interessam se não estamos perante graves casos de corrupção provocados por este simplex.
Para quando uma lista de casos e a observação dos mesmos do ponto de vista judicial visando apurar os indícios de corrupção e os seus responsáveis.
Vamos deixar que a corrupção se instale no ensino?
Para quando é que se decide avançar com uma luta contra o 1º momento de avaliação por promover a corrupção do ensino???

Anónimo disse...

O que esta ministra está a preparar é muito pior do que está em vigor...
Até aqui impediam os professores de progredir de professor para professor titular (do 6º para o 1º de titular) agora querem impedir a transição do 2º para o 3º.
Ainda agora chegou ao ministério e já aprendeu a roubar os professores...

Anónimo disse...

Estou plenamente de acordo. Devia ser tudo anulado. Em nome de quê se completa uma coisa que está errada? Estaremos todos loucos? Pode ter demorado (dois anos) mas basta! Já agora, ninguém fala das injustiças do último concurso de professores. Será que também essas vão ficar impunes? E vão-se manter por quatro anos? SOCORRO....

Anónimo disse...

Já que os Sindicatos andam tão amigos da ministra, cabe-nos a nós lutar contra a não suspensão do 1º ciclo de avaliação!
Parafraseando um filósofo português,JOÃO BERNARDO " os sindicatos são a versão moderna dos capatazes.

Anónimo disse...

Deveriamos lutar para que a avaliação fosse suspensa. Mão faz sentido é injusto o que se passou. eu sei de casos de colegas que foram titulares só porque havia lugares, tornaram-se avaliadores decontratados e lá está o MBom ou o excelente.Eu nem posso acreditar no que se tornou o ensino, e do que são capazes alguns colegas. Vamos lutar para que esta avaliação seja anulada

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page