quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

DREC: OS MEANDROS DO PODER.

Ministério da Educação esclarece que indigitou Beatriz Proença

Perante a insistência da TSF por ter constatado que Beatriz Proença esteve em plenitude de funções durante a semana que ocupou o cargo de directora da Direcção Regional de Edicação do Centro (DREC), o Ministério da Educação rectificou o seu esclarecimento, sublinhando que Beatriz Proença foi de facto indigitada para o cargo, mas não nomeada.

Num primeiro momento, o Ministério da Educação garantiu à TSF que Beatriz Proença nunca foi nomeada oficialmente para a DREC por ter sido detectada uma incompatibilidade para o exercício dessa função.

Perante a insistência da TSF, por ter constatado que Beatriz Proença esteve em plenitude funções durante uma semana, o gabinete da ministra da Educação rectificou a resposta, referindo num segundo momento que afinal Beatriz Proença foi de facto indigitada para o cargo, mas não nomeada.

Apesar de não nomeada oficialmente, a TSF apurou que a incompatibilidade referida pelo Ministério da Educação só foi detectada depois de Beatriz Proença ter estado em funções durante uma semana, como confirmou a TSF junto de fontes da Direcção Regional de Educação do Centro.

Em apenas uma semana, Beatriz Proença assinou muita coisa, despachou uma série de assuntos pendentes, teve várias reuniões com os serviços e chegou a enviar cartas de apresentação a todos os Presidentes de Conselhos Executivos da Região Centro.

Aliás, no site oficial da Direcão Regional na mensagem de apresentação assinada pela própria Beatriz Proença começa por dizer: «Aproveito este meio, ao assumir funções como Directora Regional de Educação do Centro, para saudar todos os intervenientes no processo educativo».

Ao que a TSF apurou houve uma tentativa de impôr os nomes da equipa que seria liderada por Beatriz Proença, supostamente nomes ligados ao Partido Socialista da região centro.

In TSF.

3 comentários:

Anónimo disse...

Com tanta trafolhice ainda nos vai acontecer como na IRLANDA, corte de 10% nos ordenados dos professores. Será que é para acreditar, nos sindicatos, no processo de negociação, ou será que não há mesmo dinheiro? Pelo menos para pagar aos professores e funcionários públicos, porque para algumas negociatas, elefentes brancos, - OPS! queria dizer elefantes rosa - mas, para o betão e parcerias público-privadas há de certeza.

Anónimo disse...

Esta canalha só à chumbada!

Anónimo disse...

Esta canalha só à chumbada!

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page