quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

DIFERENÇAS ENTRE SÓCRATES E SÓCRATES

Sōkrátēs ................... Sócrates

Sōkrátēs buscava o Conhecimento. O seu método para alcançá-lo era o diálogo e a humildade em formular todas as perguntas.

Sócrates prefere o Desconhecimento. O seu método para alcançá-lo é o monólogo e a arrogância de calar todas as perguntas.

Um pensamento de Sōkrátēs - Quatro características deve ter um juiz: ouvir cortesmente, responder sabiamente, ponderar prudentemente e decidir imparcialmente.

Um pensamento de Sócrates - Quatro características deve ter um juiz: não ouvir escutas, responder obedientemente, ponderar nos riscos que corre e decidir se quer continuar a ter emprego.

Sōkrátēs provocou uma ruptura sem precendentes na Filosofia grega.

Sócrates provocou uma ruptura sem precendentes na auto-estima dos portugueses.

Sōkrátēs tinha um lema: Só sei que nada sei.

Sócrates tem um lema: Eu é que sei.

Sōkrátēs auto-intitulava-se "um homem pacífico".

Sócrates auto-intitula-se "um animal feroz".

Sōkrátēs foi condenado à morte por cicuta.

Sócrates foi condenado pelas escutas.

Sōkrátēs deixou-nos incontáveis dádivas.

Sócrates deixa-nos incontáveis dívidas.

1 comentário:

Anónimo disse...

As citações seguintes são todas de Sócrates, que fala através de Platão, n' A República:
"... na verdade, quando os desejos se inclinam com violência para um só objecto, sabemos que, de algum modo, se tornam mais débeis para o resto, como se fossem uma torrente desviada para aquele lado." (esta pode bem aplicar-se a este blog e ao semanário Sol).
"Cada um desses particulares mercenários, a quem essa gente chama Sofistas e considera como rivais, nada mais ensinam senão as doutrinas da maioria (...) e chama a isso ciência. É como se uma pessoa, que tenha de criar um animal grande e forte, aprendesse a conhecer as suas fúrias e desejos (...), e quando é mais intratável ou mais meigo (...), e com que vozes dos outros se amansa ou se irrita, e, depois de ter adquirido todos estes conhecimentos (...) com o tempo, lhes chamasse ciência, para fazer deles objecto de ensino, quando, na verdade, nada sabe do que, nestas doutrinas, é belo ou feio, bom ou mau, justo ou injusto, e emprega todos estes termos de acordo com as opiniões do grande animal, chamando bom àquilo que ele aprecia e mau ao que detesta." (não será esta a doutrina deste blog?)
"... lembra-te do seguinte: será possível que a multidão perceba e aceite que existe o belo, mas não as muitas coisas belas, que existe cada coisa, mas não a pluralidade das coisas particulares?
- De modo nenhum - respondeu ele.
- Por conseguinte é impossível que a multidão seja filósofo. Logo é forçoso que os filósofos sejam criticados por ela." (saberá isto, o autor deste blog? Não parece, pois age precisamente da forma que o filósofo Sócrates condena).

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page