quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

NOVAS OPORTUNIDADES NO ENSINO SUPERIOR

Contrato assinado com universidades abre portas a mais 100 mil diplomados em quatro anos

O ministro da Ciência e do Ensino Superior disse hoje em Braga que o contrato de confiança assinado com as universidades permitirá que mais 100 mil pessoas obtenham, em quatro anos, qualificações no ensino superior.

O ministro da Ciência e do Ensino Superior disse hoje em Braga que o contrato de confiança assinado com as universidades permitirá que mais 100 mil pessoas obtenham, em quatro anos, qualificações no ensino superior.

«Presumo que este objectivo será atingido e provavelmente superado», disse Mariano Gago, frisando que se trata de 100 mil pessoas a somar aos 380 mil estudantes actuais que frequentam o ensino superior público e privado.

O governante falava aos jornalistas no final das comemorações do Dia da Universidade do Minho, ato a que presidiu e em que foram assinados protocolos de cooperação entre a Universidade e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Contrato de Confiança), e com os Laboratórios de, Instrumentação e Física Experimental e de Partículas, Internacional de Nanotecnologia.

Na ocasião foram ainda rubricados acordos com a Câmara Municipal de Braga, e a Fundação Cidade de Guimarães que gere a programação da Capital Europeia da Cultura 2012.

Mariano Gago frisou que «as necessidades de formação da população portuguesa são cada vez mais agudas, à medida que as qualificações aumentam e a crise económica veio tornar mais exigente a reconversão industrial e económica».

Salientou que a necessidade de mais qualificações «obriga ao regresso à escola de pessoas que prematuramente abandonaram os estudos, quer seja para fazer formação profissional quer para frequentarem o ensino superior».

«Isto é uma obrigação de todos, mas sabemos como, para muitas famílias é difícil conciliar a vida pessoal e familiar com a vida de estudo», frisou, acentuando que, por isso, as instituições de ensino superior têm obrigação de responder a essa necessidade.

O governante acrescentou que as universidades «têm capacidades, recursos e pessoas qualificadas para responder a uma grande variedade de público, que vai desde os jovens que saem do ensino secundário a pessoas que dantes nunca atravessavam as portas da universidade».

«O facto de termos apostado colectivamente num grande reforço da qualificação dos portugueses é um sinal de esperança para Portugal e para a economia portuguesa», referiu.

Mariano Gago lembrou que Portugal está acima da média europeia em termos de número de investigadores por habitante, mas continua abaixo no número de pessoas com diplomas do ensino superior.

Disse que os novos cursos universitários poderão ter «uma componente de ensino à distância e uma parte presencial, com horários compatíveis para quem trabalha ao fim de semana ou à noite».

In SOL.

Sem comentários:

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page