quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

TUDO O QUE É GRAÚDO SE ARQUIVA

Novas instalações
Arquivadas suspeitas de administração danosa

Estávamos no início dos anos 90 e a vivia-se o boom das instituições de ensino superior privadas. A Universidade Portucalense, uma cooperativa de ensino superior, tinha sido fundada em 1985, no Porto, por um grupo de 17 cooperantes com um capital social de 5000 euros.

O negócio corria bem e nos meados dos anos 90 os lucros registados chegaram a atingir quase dois milhões de euros. A instituição queria crescer. E dar novas instalações aos seus alunos que em 1995 chegaram aos 5661. Um terreno junto ao Hospital de S. João, no Porto, albergaria as novas instalações. A primeira fase das obras arrancou em Julho de 1993.

Ao longo de seis anos foram construídos três edifícios com mais de 26 mil metros quadrados e mais de 8000 metros quadrados de espaços exteriores. Mais de 10 milhões de euros foram gastos. Documentados estão 9,6 milhões, o resto é desconhecido.

Sobre o dinheiro gasto e a sumptuosidade das novas instalações ouviam-se muitos comentários na universidade. Muitos garantiram que houve desvios de verbas e outros contaram que as construtoras que fizeram a obra chegaram a fazer arranjos em casa de membros da direcção da Portucalense. Mas a investigação não conseguiu provar estas suspeitas e acabou por arquivar o caso no que dizia respeito às denúncias de administração danosa e apropriação ilegítima na construção das novas instalações.

Um parecer do Laboratório Nacional de Engenharia Civil, de Maio do ano passado, concluiu que "não é comum considerarem-se soluções construtivas de tão elevado nível de qualidade, essencialmente no que respeita a revestimento de pisos, a caixilharias e a portas".

Os peritos admitem, contudo, que esta opção possa ter sido uma estratégia da universidade, em termos de marketing, para atrair novos alunos. Talvez se tenha optado por um custo inicial mais elevado, para reduzir os custos de manutenção. Talvez. A verdade é que em 1999, quando a obra terminou, a universidade já dava mais de dois milhões de euros de prejuízo. Assim foi durante quase 11 anos consecutivos, em que a instituição esteve em risco de falir.

In Público.

Sem comentários:

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page