quarta-feira, 31 de março de 2010

O NOVO FILME DE MEDEIROS

Insidioso ataque é esta exigência aos bolsos dos contribuintes. Os portugueses não estão dispostos a alimentar caprichos. Se tem residência em Paris, que fique em Paris! Ou não há no território nacional mais ninguém com capacidade para ser deputada?

Cada vez se pensa em tanto colega professor contratado que tem de percorrer centenas de quilómetros ou que fica privado da companhia dos filhos em muitos fins-de-semana, porque não tem qualquer euro de subsídio no seu magro ordenado, dói o coração. Cada vez que se pensa em tanto "escravo" no país a receber uns magros euros abaixo do ordenado mínimo... Quando se assiste a este "filme", dá vontade de...

Vejam só se a senhora deputada tivesse residência nas Berlengas... Será que iria exigir que se construísse uma pista e lhe pusessem um jacto à disposição!

Demita-se, senhora. Vá-se embora!


Viagens
Inês de Medeiros queixa-se de estar a ser vítima de «enxovalhos»

A deputada do PS aguarda há cinco meses uma decisão do Parlamento sobre o pagamento das suas viagens a Paris, onde reside. Em carta enviada ao Presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, pede a sua intervenção para que o «folhetim» das viagens possa terminar

A deputada do PS, Inês de Medeiros, escreveu ao Presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, para que este ajude a resolver o caso das suas viagens a Paris, que tem alimentado «um folhetim» e dado origem a «insidiosos ataques» nos últimos meses. Em causa está o pagamento das viagens a casa, que qualquer deputado tem direito.

«Não posso transigir com mais esta demora. Sinto-me obrigada a reagir», escreve a deputada, confessando «estranhar» a forma como a «desagradável situação» em que se encontra envolvida se arrasta há cinco meses.

O conselho de administração e Gama ainda não se entenderam para resolver o caso de Medeiros, que não está contemplado no estatuto dos deputados, pois reside no estrangeiro e foi eleita pelo círculo de Lisboa.

Esta omissão, no entanto, pode ser ultrapassada por aqueles serviços. Inês de Medeiros pede a Gama que seja «sensível» a esta situação e que ajude a resolvê-la como entender, de modo a pôr fim a «permanentes enxovalhos e infundadas suspeições».

In SOL.

3 comentários:

Maria Amélia campos disse...

Se tem residência em Paris, bem poderia participar na política por lá. A Martine Aubry agradecia e até porque, estando a residir em Paris, certamente que a nossa vida nacional lhe foi passando ao lado em muita coisa, ficando o seu círculo eleitoral mal representado.
Também não me parece que o caso dos deputados que residem noutros pontos do país e ilhas possa ser comparado a este. O que acontece com os outros deputados é o mesmo que acontece com qualquer trabalhador que se desloque num raio superior a 5o km da sua residência, tendo, por isso, direito a ajudas de custo e outros apoios que justifiquem as constantes deslocações. Só é pena é que esta medida não seja extensiva aos médicos e aos professores. Esses quando são colocados longe, têm de arcar com todas as despesas e é se não querem perder o emprego.

Anónimo disse...

Ela que tenha vergonha na cara.
Tantos professores colocados a centenas de quilómetros de casa sem direito a um unico centimo de ajudas de custo!..,
Vergonha na cara é o que falta a esta senhora.
Existe muito boa gente a morar em Lisboa com qualificações para ser um(a) bom(a) deputado(a) sem que seja necessário chular mais o povo a pagar as viagens da dita senhora.Que se deixe estar lá por Paris e nos deixe em paz. Temos cá muitas pessoas com qualificações para serem bons deputados não precisamos dela.

Alice Coimbra dos Reis disse...

Então é para pagar não só aos boys mas também às girls, que o Sr Sócrates, me faz trabalhar mais 10 anos?
Somos nós, os pacíficos trabalhadores (e não sou PC, votei PS, hora maldita!) que sem poder fugir, sustentamos as vergonhosas mordomias dos(des)governates deste nosso país "incrivel", ainda temos que pagar viagens a pessoas que gostam tanto deste país que se foram embora! Coitados dos que cá ficaram a aguentar .... Fora não só com ela, mas também com tudo o que é trupe...
Sou de há 5 anos para cá...uma revoltada, porque sou ROUBADA!

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page