sexta-feira, 19 de março de 2010

SOCIALISTAS PROTESTAM COM TAMPAS DE COMPUTADORES

Os socialistas da época de Sócrates começam a ficar muito irritados. Há dias foi o Ministro das Finanças a criar animosidades no Parlamento com os parlamentares do PS. Agora o Presidente da Assembleia da República parece não não querer deixar abusar muita gente.

Os computadores são pessoais? Que o sejam! Mas, ao que saiba, os deputados, na Assembleia da República, estão (deveriam estar) numa função pública em representação dos cidadãos.

Portugal anda farto de brincar. Não nos podemos esquecer de que estes senhores aprovaram para si um
orçamento em que vão gastar 191 405 356, 61 Cêntimos (191 Milhões 405 mil 356 Euros e 61 cêntimos).


Gama irritou bancada do PS
Deputados socialistas batem com as tampas dos computadores

Vários deputados do PS fecharam com força os seus computadores em protesto contra as explicações do presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, sobre a natureza de serviço público daqueles computadores. Momentos antes, Jaime Gama repreendeu duas vezes consecutivas o secretário de Estado da Educação João Torcato da Mata por não usar a forma regimental para se dirigir ao plenário.

O protesto dos deputados aconteceu quando Jaime Gama respondia a uma interpelação do deputado socialista, e presidente do Conselho de Administração da AR, José Lello, que se queixou de os repórteres fotográficos captarem imagens dos écrans dos computadores dos deputados, violando a sua privacidade.

O presidente da AR respondeu que os computadores não são pessoais e que há regras para o trabalho dos repórteres, estando ao alcance dos deputados mudarem essas regras se o entenderem. Estas declarações de Gama suscitaram também uma vozearia na bancada do PS. Lello ocupava um lugar na penúltima fila de cadeiras da bancada socialista, mais próxima da galeria onde habitualmente se encontram os fotógrafos.

José Lello, ao PÚBLICO, explicou que não houve hoje nenhum incidente de violação de privacidad que o levasse a fazer o protesto. "É uma situação que já vem de trás e até já foi publicada a imagem de um SMS de um deputado". Mas na interpelação referiu e apontou para um repórter que o fotografava.

Lello contraria Jaime Gama: "Os computadores são pessoais, esse é o engano do presidente."

Pouco antes da interpelação ao Presidente, já tinha havido outro momento de tensão. Depois da dura repreensão de Gama ao secretário de Estado, ameaçando mesmo retirar-lhe a palavra, o governante fez a intervenção e foi muito aplaudido pela bancada do PS.

In Público.

2 comentários:

alebana disse...

Falta de respeito total por tudo e por todos!
E são este os governantes que temos...
E é esta a minha Pátria...
Sinto vergonha.

Anónimo disse...

Tive pena do Presidente da Assembleia...se tivesse tomates teria exonerado este politicos socialistas, que ainda vão pensando que os computadores e a sala da democracia é deles, ou seja, património pago com os nossos impostos.

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page