quarta-feira, 14 de abril de 2010

SOBRE POSSÍVEL CONCENTRAÇÃO DE PROFESSORES CONTRATADOS

Sobre um comentário encontrado no jornal Público (ver aqui) relativamente a uma possível concentração de professores contratados, na próxima sexta-feira, em frente do Ministério da Educação e aqui publicado, há que alertar para o facto de, caso os professores queiram realizá-la, haver necessidade de comunicar tal intenção ao Governo Civil de Lisboa, para que tudo decorra dentro da legalidade, ou seja, é necessário que alguém oficialize essa concentração.

Nesse sentido vai a nota/comentário enviado pelo Paulo Ambrósio

Sobre a anunciada Concentração de contratados de protesto contra o circo concursal já convocada para 6ªF às 15h00 frente ao ME, acho-a oportuna e justa. Mas há aspectos legais que devem ser salvaguardados, como a sua comunicação ao Governo Civil de Lisboa. Esta concentração, em moldes ainda indefinidos, parece estar a somar apoios. Ao nível do SPGL, o "Autonomia Sindical" apoia a concentração e ainda hoje recebi um telefonema do Eduardo Henriques a dar conta que a Lista D (3R's) também vai mobilizar. Para mim, essa concentração é prioritária sobre a nossa assistência nas galerias da AR a votações (vinculação de contratados) que nós não teremos chance de influenciar, pois os Partidos já se posicionaram e onde funcionará a disciplina de voto.

2 comentários:

Paulo Ambrósio disse...

A experiência dos concursos engatados pela "Compta" no consulado de Durão Barroso, em que 200 contratados se concentraram, da primeira vez, na 24 de Julho (DGAE), auto-convocados por SMS, e da segunda vez, 2 mil, levam-me a saber que é de "malhar enquanto o ferro está quente", porque quando a ocasião passa e ele começa a "esfriar", as cúpulas sindicais tentam naturalmente enquandrar esses protestos genuínos e levar a água ao seu moínho morno..
E nessa época ainda não existiam sequer Movimentos Independentes nem Blogues de Educação para convocar as coisas.

Vamos ver se a coisa 6ªF pega. Independentemente da comunicação ao Governo Civil, eu estarei lá e muitos colegas também, para tomar o pulso à disposição da Classe em arrufar o banho maria desmobilizador do "acordo de princípios".

Para terminar: esta convocação para 6ªF já teve um mérito inegável (tal como na convocatória da primeira mega manifestação de professores): forçar os aparelhos sindicais a fazerem algo na rua - neste caso o Secretariado Nacional FENPROF já admite convocar também concentrações 2 ªF à tarde, na 5 de Outubro e nas DREs.

Abraço na luta,

Paulo Ambrósio

Paulo Ambrósio disse...

A experiência dos concursos engatados pela "Compta" no consulado de Durão Barroso, em que 200 contratados se concentraram, da primeira vez, na 24 de Julho (DGAE), auto-convocados por SMS, e da segunda vez, 2 mil, levam-me a saber que é de "malhar enquanto o ferro está quente", porque quando a ocasião passa e ele começa a "esfriar", as cúpulas sindicais tentam naturalmente enquandrar esses protestos genuínos e levar a água ao seu moínho morno..
E nessa época ainda não existiam sequer Movimentos Independentes nem Blogues de Educação para convocar as coisas.

Vamos ver se a coisa 6ªF pega. Independentemente da comunicação ao Governo Civil, eu estarei lá e muitos colegas também, para tomar o pulso à disposição da Classe em arrufar o banho maria desmobilizador do "acordo de princípios".

Para terminar: esta convocação para 6ªF já teve um mérito inegável (tal como na convocatória da primeira mega manifestação de professores): forçar os aparelhos sindicais a fazerem algo na rua - neste caso o Secretariado Nacional FENPROF já admite convocar também concentrações 2 ªF à tarde, na 5 de Outubro e nas DREs.

Abraço na luta,

Paulo Ambrósio

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page