sexta-feira, 16 de abril de 2010

ÚLTIMAS SOBRE A VINCULAÇÃO DE CONTRATADOS

Iniciativas pela Vinculação dos Professores Contratados votadas ontem na Assembleia da República


Colegas:

Um pouco de imprevisto, as votações sobre vinculação de docentes contratados aconteceram ontem à tarde (5ªF), na Assembleia da República.

Todas as propostas e projectos, bem como a Petição, foram chumbados, sem apelo nem agravo, em votações cruzadas das várias bancadas parlamentares. Excepção ao Projecto de Resolução n.º 103/XI, da autoria do PS, a mais inofensiva e inócua de todas as iniciativas apresentadas na AR (ver aqui) .

Voltaremos oportunamente a este assunto para dar mais detalhes acerca das votações e deste desfecho que, contudo, já era previsível por quem anda há muitos anos nestas "andanças", isto após os partidos se terem posicionado no debate de apresentação das referidas iniciativas que teve lugar no passado dia 8.

Desfeitas as cortinas de fumo e as ilusões excessivas nos partidos e no parlamento, a bola volta, assim, a estar do lado dos Professores Contratados, da sua mobilização, e das formas de luta que souberem desenvolver pela sua reivindicação central: vinculação dinâmica para todos, segundo a lei geral do trabalho.

Paulo Ambrósio

10 comentários:

Catarina disse...

É indecente!

Anónimo disse...

Permitam-me uma correcção. Foram aprovadas as propostas de resolução do PS e do CDS/PP.

. Projecto de Resolução n.º 103/XI (PS) - Recomenda ao Governo que promova a estabilidade e qualificação do corpo docente nas escolas.

. Projecto de Resolução n.º 104/XI (CD-PP) - Recomenda a integração excepcional dos docentes contratados com mais de 10 anos de serviço.

Catarina disse...

Assim está melhor...

Anónimo disse...

Pelo andar da carruagem vai ser muito complicado alguém efectivar, no próximo concurso de 2011, se o Partido Socialista for governo, vai ser o mesmo triste fado de sempre, se forem outros, será igual, a desculpa será do défice. Escusam de andar a tentar dar nas vistas, às cabeçadas uns aos outros por causa de petições, vinculações dinâmicas, lei geral do trabalho porque isso é tudo conversa fiada, tenho 20 anos de de serviço completos, sou contratado e já sei o que isto vai dar. Os políticos são hipócritas e mentirosos, fazem de conta que não ouvem, fazem o que querem e muito bem lhes apetece, já sabem que os contratados não têm capacidade de mobilização, cada contratado profissionalizado recebe menos 300 euros líquidos, agora experimentem multiplicar isso pelo número de contratados e depois multipliquem por 14 meses e entenderão porque motivo a nossa situação é a mesma há tantos anos. O problema só se resolveria como aconteceu há uns 20 anos, greve de fome em frente ao Ministério da Educação com a comunicação social presente. Acreditem que isto só lá vai assim.

Anónimo disse...

Este Colega Paulo Ambrósio (nem sei se o deva chamar de colega), é no mínimo uma pessoa mal informada, para não dizer que está a pretender desmobilizar e confundir os professores contratados. Será para os levar a abandonar a sua luta???
Se sim pergunto, qual o seu interesse?
Não colegas, tal como era minha expectativa, a petição foi um passo importante na resolução do nosso problema.
Mas, tal como temos vindo a dizer, a luta não acabou com a discussão da petição (as petições não tem nem aprovação nem chumbo, são discutidas e depois dão origem a iniciativas legislativas ou não) e das iniciativas legislativas dos grupos parlamentares. Cabe-nos a nós continuar a luta e a exigir que as resoluções aprovadas( é falso que tudo tenha sido chumbado)passem à pratica.O governo tem agora de legislar para dar cumprimento às resoluções aprovadas na Assembleia da Republica, tal como o fez quando da resolução do PSD sobre a avaliação do desempenho.
Colegas não vão na contra informação deste senhor Paulo Ambrósio que se diz colega. A luta não parou e todos seremos poucos para as novas etapas junto do Ministério da Educação, pelo cumprimento das resoluções, e dos grupos parlamentares pela fiscalização do cumprimento do que foi aprovada na Assembleia.
Cada colega contratado deve contactar o grupo de professores para a vinculação, para receber as Newsletter e assim conhecer os passos que se seguem, assim como dar o seu contributo.
Pessoas como o senhor Paulo Ambrósio só atrapalham e nada fazem para resolver os problemas da classe.

Anónimo disse...

Não é bem assim. A petição não foi chumbada. O que aconteceu foi que, com a petição surgiram:
- dois projectos de lei, um do PCP e outro do BE ( esses sim não foram aprovados),
- e, dois projectos de resolução, a saber, um do CDS/PP nº 104/XI e outro do PS nº 103/XI.
Colegas, não é tempo de perder a esperança, agora é que a nossa "batalha" vai começar.

Anónimo disse...

Anónimo do dia 17 de Abril. Diz que os contratados devem contactar o grupo de professores para a vinculação. Pode dizer como o podemos fazer?
obg
contratada há 15 anos

Anónimo disse...

Caríssimos colegas,
podem contactar o grupo para a vinculação dos professores contratados através do email:
vinculoprofessorescontratados@gmail.com
Basta enviar um email indicando o nome e email do colega interessado em receber a Newsletter e será adicionado.
Uma boa semana de trabalho

Anónimo disse...

Colega:
Uma petição não é chumbada, nem tão pouco votada. E a votação foi favorável aos professores contratdos. Já é tempo de darmos noticias veridicas,

Maria Inês disse...

Caro colega. Uma petição não é votada. E a votação aos projectos foi favorável aos professores contratados.

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page