sábado, 22 de maio de 2010

APRECIAR COISAS BOAS DE ESCOLAS

Olá Ilídio!

Quem te escreve é um seguidor assíduo do teu blog. Sou professor também e foi nas tuas palavras que muitas vezes fui ganhando coragem para enfrentar os devaneios dos ministros e ministérios da educação.

Nunca cheguei a comentar os espaços de opinião do teu blog, mas acompanho-te (quase) diariamente.

Resolvi escrever-te porque a minha escola, a Secundária Dr. Francisco Fernandes Lopes em Olhão, realizou o 1º Lip Dub de Portugal. O lip dub mais não é do que apresentar a escola num filme sem cortes, onde as pessoas vão fazendo playback.

Somos a 1ª escola a nível nacional a realizar um Lip Dub e apenas a 2ª instituição pública portuguesa a fazê-lo (apenas o ISCTE o havia feito). De realçar também que em apenas 6 dias no you tube o vídeo já alcançou mais de 7000 visualizações e é também um sucesso considerável no Facebook.

O Lip Dub conta com a presença de Domigos dos IRIS autor de um tema de grande sucesso nacional na década de 90, "Atira tó mar". A escolha musical prendeu-se com o facto de esta música caracterizar a maneira de falar, as expressões e os dizeres dos olhanenses, acabando também por simbolizar a cultura regional de Olhão e do Algarve.

O nosso Lip Dub contou com a presença de mais de 270 alunos, professores, funcionários e encarregados de educação e foi feito com o intuito de apresentar a escola e também de deixar uma recordação da mesma, uma vez que a escola vai para obras e vai ser totalmente remodelada.

Num tempo em que a educação aparece sempre nas notícias pelos maus motivos, a minha escola fez o contrário, num tempo em que a violência, o bullying, o desânimo e o protesto imperam a sua vontade, a Secundária de Olhão mostrou aquilo que uma escola pode ser, aquilo que uma escola deve ser.

Pode ser consultado directamente no you tube em: http://www.youtube.com/watch?v=C3ecwTdCNQc ou na página da escola: http://www.esffl.pt/home/
http://www.youtube.com/watch?v=C3ecwTdCNQc

Obrigado por tudo Ilídio,

Atenciosamente
Bruno Gomes



3 comentários:

Julia disse...

Muito bom, muito bom mesmo.
É uma ideia muito gira e que o "pessoal", de certeza, adorou realizar. Parabéns

Filipe disse...

Olha, olha para este: parece mesmo a mania de só mandarem coisas boas para a comunicação social. E então o produto final não aprovado nessa mesma escola já não tem o mesmo direito de ser divulgado na opinião à pública?

http://saudeoral.blogspot.com/2010/05/448-escola-secundaria-dr-francisco.html

Raios me partam a mim …

Anónimo disse...

O desemprego não é um problema, é uma consequência de alguma coisa que não está bem na economia.Sócrates, é um homem de espectáculo, é um homem de circo.
Nós em Portugal sabemos resolver o problema dos outros: A guerra do Iraque, do Afeganistão, se o Presidente havia de ter sido o Bush, mas não sabemos resolver os nossos. Somos um país de papagaios... inferioridade que a gente tem, estar sempre a olhar para os outros.

Olhemos para nós!
quando passar lá fora, a crise passará cá. Mas quando essa crise passar cá, nós ficamos outra vez com os nossos problemas, com a nossa crise. Portanto é importante não embebedar o pessoal com a ideia de que isto é a maldita crise. Não é!
Nós estamos com um endividamento diário nos últimos 3 anos correspondente a 48 milhões de euros por dia: Por hora são 2 milhões! Portanto, quando acabarmos este programa Portugal deve mais 2 milhões! Quem é que vai pagar?
Isso era o que deveríamos ter em grande quantidade.
Era vender sapatos. Mas nós não estamos a falar de vender sapatos. Nós estamos a falar de pedir dinheiro emprestado lá fora, pô-lo a circular, o pessoal come e bebe, e depois ele sai logo a seguir..."
Ouça, eu não ligo importância a esses documentos aprovados na Assembleia...
Não me fale da Assembleia, isso é uma provocação... Poupe-me a esse espectáculo...."
Isto da avaliação dos professores não é começar por lado nenhum.
Eu já disse à Ministra uma vez «A senhora tem uma agenda errada"» Porque sem pôr disciplina na escola, não lhe interessa os professores. Quer grandes professores? Eu também, agora, para quê? Chegam lá os meninos fazem o que lhes dá na cabeça, insultam, batem, partem a carteira e não acontece coisa nenhuma. Vale a pena ter lá o grande professor? Ele não está para aturar aquilo...Portanto tem que haver uma agenda para a Educação. Eu sou contra a autonomia das escolas Isso é descentralizar a «bandalheira».
Há dias circulava na Internet uma notícia sobre um atleta olímpico que andou numa "nova oportunidade" uns meses, fez o 12º ano e agora vai seguir Medicina...
Quer dizer, o homem andava aí distraído, disseram «meta-se nas novas oportunidades» e agora entra em Medicina...
Bem, quando ele acabar o curso já eu não devo cá andar felizmente, mas quem vai apanhar esse atleta olímpico com este tipo de preparação...
Quer dizer, isto é tudo uma trafulhice..."

"Tudo se resume a sacar dinheiro de qualquer sítio. Esta interpenetração do político com o económico, das empresas que vão buscar os políticos, dos políticos que vão buscar as empresas...Isto não é um problema de regras, é um problema das pessoas em si...Porque é que se vai buscar políticos para as empresas?
É o sistema, é a (des)educação que a gente tem para a vida política...
Um político é um político e um empresário é um empresário. Não deve haver confusões entre uma coisa e outra. Cada um no seu sítio. Esta coisa de ser político, depois ministro, depois sai, vai para ali, tira-se de acolá, volta-se para ministro... é tudo uma sujeira que não dá saúde nenhuma à sociedade.
Este país não vai de habilidades nem de espectáculos.
Este país vai de seriedade. Enquanto tivermos ministros a verificar preços e a distribuir computadores, eles não são ministros. São propagandistas! Eles não são pagos nem escolhidos para isso! Eles têm outras competências e têm que perceber quais os grandes problemas do país!
Se aparece aqui uma pessoa para falar verdade, os vossos comentadores dizem «este tipo é chato, é pessimista»...
Se vem aqui outro trafulha a dizer umas aldrabices fica tudo satisfeito...
Vocês têm que arranjar um programa onde as pessoas venham à vontade, sem estarem a ser pressionadas, sossegadamente dizer aquilo que pensam. E os portugueses se quiserem ouvir, ouvem. E eles vão ouvir, porque no dia em que começarem a ouvir gente séria e que não diz aldrabices, param para ouvir.

O Português está farto de ser enganado!

Todos os dias tem a sensação que é enganado!
MEDINA CARREIRA.

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page