segunda-feira, 21 de junho de 2010

MEGA AGRUPAMENTOS: SABIAM DISTO?

Proposta de Mega – Agrupamentos

Região Norte

Distrito: Viana do Castelo
Concelho: Ponte de Lima
- EB 2,3 António Feijó + 27 escolas EB1 e JI;
2033 alunos; Distância máxima entre escolas: 40 km
- EB 2,3 / Secundária Arcozelo + escolas EB1 e JI;
1489 alunos; Distância máxima entre escolas: 40 km

Distrito: Braga
Concelho: Amares
- EB 2,3 Amares + 50 escolas EB1 e JI;
2000 alunos; Distância máxima entre escolas: 47 km
Concelho: Vieira do Minho
- EB 2,3 Vieira do Araújo
1800 alunos; Distância máxima entre escolas: 60 km
Concelho: Vila Nova de Famalicão
- EB 2,3 Ribeirão
2300 alunos;

Distrito: Vila Real
Concelho: Chaves
- EB 2,3 Nadir Afonso + 64 escolas EB1 e JI;
1838 alunos;
- EB 2,3 Gonçalves Carneiro + 45 escolas EB1 e JI;
1579 alunos;
Concelho: Vila Real
Agrup. Horizontal D. Dinis:
42 escolas
1180 alunos
Agrup. Vertical Monsenhor Jerónimo do Amaral:
63 escolas
1837 alunos
Concelho: Mondim de Basto
Agrup. Vertical (com Secundário) :
36 escolas
1639 alunos

Distrito: Aveiro
Concelho: Arouca
- EB 2,3 Arouca + 44 escolas EB1 e JI + 2 EBM;
2000 alunos; Distância à escola sede: 40 Km
Concelho: Oliveira de Azeméis
- EB 2,3 Bento Carqueja + 27 escolas EB1 e JI;
2300 alunos;
Concelho: Ovar
- EB 2,3 António Dias Simões + 2 Agrupamentos horizontais (14 escolas EB1 + 9 JI);
2350 alunos;
Concelho: Santa Maria da Feira
- EB 2,3 Fernando Pessoa + 28 escolas EB1 e JI;
2366 alunos;
- Agrupamento Carlos Alberto + 17 escolas EB1 e JI;
1672 alunos;
Concelho: Vale de Cambra
- EB 2,3 Vale de Cambra + 50 escolas EB1 e JI;

Distrito: Porto
Concelho: Felgueiras
- EB 2,3 Felgueiras + 17 escolas EB1 e JI;
2500 alunos;
- EB 2,3 Lagares + 22 escolas EB1 e JI;
2700 alunos;
Concelho: Vila Nova de Gaia
- EB 2,3 Valadares + 12 escolas EB1 e JI;
2508 alunos;
- EB 2,3 Soares dos Reis + 6 escolas EB1 e JI;
2200 alunos;
- EB 2,3 Olival + 24 escolas EB1 e JI;
2149 alunos;
Concelho: Porto
- EB 2,3 Gomes Teixeira + 10 escolas EB1 e JI;
2427 alunos;
Concelho: Vila do Conde
- EB 2,3 Mindelo + 37 escolas EB1 e JI;
1974 alunos;

Já há directores de agrupamentos a serem chamados às direcções regionais, para tomarem conhecimento da “onda”. Um exemplo: Mangualde, no distrito de Viseu, tem três agrupamentos, cada qual com um número razoável de alunos; os três directores já foram à DREC para lhes ser lida a “cartilha”; fundir-se-ão num único mega agrupamento!

Os mega agrupamentos já começaram com a empresa “Parque Escolar”, que sob a capa da remodelação arquitectónica também remodelou a organização da rede escolar, concentrando todos os serviços e anos de escolaridade num mesmo edifício.

Na cidade do Porto, está previsto nos estudos dos burocratas da DREN, o encerramento das E.B.2,3 até 600 alunos (sim, 600), transferindo estes para as Secundárias remodeladas. Mega Escolas de 1500 alunos, aí virão…

 Já foram chamadas à DREC.

Concelho Ansião - Escola BS Dr. Pascoal José de Mello + Escola B2,3 de Avelar, com todas as escolas do 1º ciclo e Pré dos 2 Agrupamentos para de fundirem mais de 1500 alunos;

Concelho Mealhada - Esc.BS Mealhada +  Escola B2,3 Mealhada,  com todas as escolas do 1º ciclo e Pré dos 2 Agrupamentos para de fundirem;

Concelho Condeixa - Esc.BS Condeixa +  Escola B2,3 Condeixa,  com todas as escolas do 1º ciclo e Pré dos 2 Agrupamentos para de fundirem;

Concelho Montemor-o-Velho - Esc.BS Montemor-o-Velho +  Escola B2,3 Jorge Montemor + Escola B2,3 de Pereira, com todas as escolas do 1º ciclo e Pré dos Agrupamentos para de fundirem;

Penso que Pombal também foi !...

Foram cerca de 40 Directores de escolas chamados no dia 16Junho, à DREC!

As fusões têm de estar feitas no dia 1 de Agosto.

As "Unidades de Gestão" ficam em Comissão de Gestão Provisória por 1 ano (a partir de 1 de Agosto), com 1 único MegaDirector e dois docentes na MegaDirecção, qualquer dos três sem horário lectivo, e podem dispor de 28 horas do crédito do MegaAgrupamento para assessores; só fica um MegaChefe nos Serviços Administrativos, e os restantes funcionários administrativos e operacionais, ao sofrerem a fusão de funções, para além de poderem ter de desempenhar funções em todos os lados, poderão ser dispensados ou reconduzidos para outras funções. O Projecto Educativo é único, o Conselho Pedagógico, os Conselhos de Departamento, os Conselhos de Área Disciplinar, os Conselhos de D.T. , etc. Os docentes poderão leccionar em qualquer estabelecimento do MegaAgrupamento, desde que haja horário para o nível que leccionam, se houver horários incompletos num estabelecimento de ensino só se podem pedir novos professores (o mesmo para os outros funcionários) se todos os docentes do grupo disciplinar do MegaAgrupamento já tiverem o horário completo e por isso não puderem assumir, logo contratados, horários zero, talvez devam estar atentos!!!... Enfim isto e muito mais!...

Tudo com base na Resolução do Conselho de Ministros nº 44/2010, DR 1ª série de 14 de Junho que, por acaso, só olhos e cabeças atentas e já despertas para o assunto conseguem atingir o que os senhores de facto querem fazer!

6 comentários:

Gotinha disse...

Já sabem algo sobre os mega-agrupamentos do distrito de Leiria??!

arlindovsky disse...

Já chamei a atenção do Paulo Guinote quando publicou esses dados no Umbigo, esses dados são referentes à constituição dos agrupamentos verticais e reportam salvo erro ao ano de 2004.

José Ferreira disse...

Caro Colega Trindade

O tempo da carneirada chegou ao fim. Temos de responder a estes "aperfeiçoamentos" da Escola Pública. O mínimo que podia fazer era reenviar a sua mensagem. Mas, senti necessidade de acrescentar algo, pelo que lhe apresento as minhas desculpas. O texto: "JÁ CÁ ESTÃO. A POUCO E POUCO A ISABEL ALÇADA VAI ACABAR O QUE FOI COMEÇADO PELA Mª DE LURDES RODRIGUES.
MAS ISTO COM CALMA VAI. A "GENTE" NEM TEM QUE SE PREOCUPAR. "ELES" TRATAM DE TUDO POR NÓS, ATÉ NOS VÃO SERVIR MAIS ESTA DE BANDEJA.
(o itálico não responsabiliza o MUP, foi acrescentado por mim)".
Deixo-lhe o meu endereço e a minha disponibilidade em o acompanhar, no que estiver ao meu alcance: jose.ferreira@ghdelgado.com

Anónimo disse...

O que assistimos nos últimos 6 anos, a estruturação da Escola numa empresa, visou um único objectivo: entregá-la ao negócio, vulgo,com muita vulgaridade, privatizá-la.
1º Tratou-se dos professores, alterando toda a legislação laboral que os confinou à arbitrariedade total do patrão, avaliação incluída.
2º Fecharam-se, em tempo de Lurdes Rodrigues, 3000 escolas, convertendo-as em meia dúzia de armazéns de crianças a que chamaram "Centros Escolares", continuando o processo com Isabel Alçada.
3º Em nome da modernização, gastaram-se/gastam-se milhões de euros a remodelar escolas, obras essas desproporcionais, pela exuberância, da realidade económica do país.
Portanto, a "casa está arrumada": trabalhadores maniatados, rentabilizar alunos, pondo-os aos milhares no mesmo espaço, e novinho (receber 300 euros/mês por miúdo, numa escola com 100 ou numa escola com 1000, não rende o mesmo).
Assim, os patrões de quem nos governa agradecem, e, à semelhança do que aconteceu noutros sectores, que na Europa de tradição humanista não eram objecto de negócio, saúde, correios, ensino superior... e passaram a sê-lo, está a acontecer o mesmo no ensino básico e secundário.
Este foi o horizonte de tudo o que aconteceu nos últimos 6 anos e, em abono da verdade, os professores não tiveram capacidade de explicar isto à população portuguesa, como era sua obrigação, perdendo-se em contestações de "avaliação sim, mas esta não".

Joaquim Ferreira disse...

Olá Caríssimos leitores. Custa-me a acreditar como é que andaram nas nuvens durante tantos anos e não tenham lido nunca, nesta blogosfera, este texto que foi publicado em 2003. Abram para perceber como uns contam histórias… e outros escrevem a História antes da História. Não me contem histórias... Vejam "claramente visto" como foram enganados como o lavrador enganou o burro com a cenoura... e fiquem parados. Continuem tranquilos que ainda mais vem aí... A Autonomia vai passar a ser a nomeação dos caciques... Daqui a pouco teremos instalado o sistema soviético com Pit-buls por todo o lado. Aqueles que “cacarejarem”; colocam a própria cabeça a prémio. Depois de darem o lugar de gestor dos Hospitais aos políticos nomeados, chegou a vez de criarem os lugares com salários milionários na gestão dos MEGA AGRUPAMENTOS para os tornarem apetecíveis para os boys do partido... Duvidam? Esperem para ver (dizia isto em 2002).. Nós já tínhamos avisado. Em 2002 escrevemos um artigo que só em 2003 viria a ser publicado. Assim, desde 2003 que existe um artigo denunciando as intencionalidades governativas... Assim, já tínhamos previsto que tal iria suceder. Os socialistas usam estas estratégias de legitimação da acção governativa, destruindo os sistemas vigentes usando estratégias semelhantes às do camponês que coloca “cenouras diante de burros” para que eles se entusiasmem e andem mais depressa... Tudo estava previsto desde 2003... O que esteve em causa foi a imposição de uma filosofia socialista que George Orwell, na sua obra “Animal Farm” (“O triunfo dos porcos”) apresenta a evolução da postura dos “Porcos” (políticos) para levar a bom porto a revolução na extinta URSS e a instalação de um “Regime Socialista”. Numa primeira fase promove-se a competência e conquista-se o entusiasmo dos professores vendendo-lhes o direito à autonomia pedagógica e administrativa, vendendo um autonomia que deveria ser desejada para melhor gerir a “quinta educativa” (escola) e depois massacram-se os professores. Pesquisem no Google e vejam o que vai entre aspas ““... Desafio-vos a visitar Autonomia Conquistada Vs Autonomia Enquistada
Novas Pedagogias ou Novas Correntes da Educação ?.

Joaquim Ferreira disse...

Autonomia? Que futuro? A Autonomia vai passar a ser a nomeação dos caciques... Daqui a pouco teremos instalado o sistema soviético com Pit-buls por todo o lado. Aqueles que “cacarejarem”; colocam a própria cabeça a prémio. Depois de darem o lugar de gestor dos Hospitais aos políticos nomeados, chegou a vez de criarem os lugares com salários milionários na gestão dos MEGA AGRUPAMENTOS para os tornarem apetecíveis para os boys do partido... Duvidam? Esperem para ver (dizia isto em 2002).. Nós já tínhamos avisado. Em 2002 escrevemos um artigo que só em 2003 viria a ser publicado. Assim, desde 2003 que existe um artigo denunciando as intencionalidades governativas... Assim, já tínhamos previsto que tal iria suceder. Os socialistas usam estas estratégias de legitimação da acção governativa, destruindo os sistemas vigentes usando estratégias semelhantes às do camponês que coloca “cenouras diante de burros” para que eles se entusiasmem e andem mais depressa... Tudo estava previsto desde 2003... O que esteve em causa foi a imposição de uma filosofia socialista que George Orwell, na sua obra “Animal Farm” (“O triunfo dos porcos”) apresenta a evolução da postura dos “Porcos” (políticos) para levar a bom porto a revolução na extinta URSS e a instalação de um “Regime Socialista”. Numa primeira fase promove-se a competência e conquista-se o entusiasmo dos professores vendendo-lhes o direito à autonomia pedagógica e administrativa, vendendo um autonomia que deveria ser desejada para melhor gerir a “quinta educativa” (escola) e depois massacram-se os professores. Desafio-vos a visitar Novas Pedagogias ou Novas Correntes da Educação ?.

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page