segunda-feira, 15 de agosto de 2011

QUE ABERTURA NA PROPOSTA DO MODELO DE AVALIAÇÃO?

De acordo com o Público, o Ministro da Educação, Nuno Crato, realça que o novo modelo de avaliação de desempenho docente é "uma proposta aberta" e que “pode ser sujeita a alterações”.

De facto, toda a história recente da "avaliação de professores" criou enormes crispações e estabeleceu uma espécie de "dado adquirido", factos que fazem com que seja impossível obter um acordo que contente grande parte da classe docente.

Continuamos a considerar que a proposta contém uma vertente demasiado punitiva na avaliação e que as "quotas" não são um critério justo, pois não se pode substituir o mérito pela quota, levando a que alguns professores que o revelem sejam preteridos em favor de outros colegas.

Por outro lado, os nossos políticos (mesmo que professores) ainda não perceberam que o acto de ensino-aprendizagem não é similar ao fabrico de sapatos e que os resultados não têm visibilidade imediata, insistindo na ideia de "escola" como uma espécie de "organização comercial".

Quanto à observação de aulas, exceptuando as necessárias em formação inicial, gostaríamos apenas de perceber o(s) motivo(s) por que são apenas os professores que se vêem sujeitos, ao longo da sua vida profissional, à observação directa do seu desempenho. Por que não se avalia do mesmo modo os médicos, os advogados, os engenheiros, os enfermeiros, os juízes, os motoristas, os polícias, etc., etc.?

Haja paciência!

1 comentário:

Cecília Ferreira disse...

Quando as aulas assistidas para avaliação são preparadas para tal, não tendo nada a ver, muitas vezes, com as leccionadas nos outros dias. Foi o que aconteceu nesta última avaliação. Andámos a brincar ao "faz de conta". Será que vamos continuar?

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page