quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

NENHUM PAI PODE FICAR SOSSEGADO

O ministro da Presidência no final da habitual reunião de Conselho de Ministros "disse hoje que 'as cenas' de ontem com professores projectaram 'uma péssima imagem para a escola pública' e  que "Não há nenhum pai deste país que possa ficar sossegado se achar que alguma daquelas pessoas, com as cenas que assistimos ontem na televisão, possa ser professor de um filho seu".

Sem mais comentários, apenas um pormenor (ou pormaior) que o ministro se esqueceu de dizer: "exceptuando os 'boys' e afins, nenhum cidadão português anda descansado com a escumalha governativa que, ludibriado, colocou no poder os políticos que nos desgovernam".  



quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

VERGONHA

PACC, confusões, divisões, empurrões,  mentiras, prepotência, vergonha...

Porque hoje foi o dia mais infame para a classe docente, urge o silêncio e tratar de irradicar Crato e seus acólitos, antes que o abismo tome conta da Educação em Portugal.


segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

O DESMANTELAR DA ESCOLA PÚBLICA

O desmantelar da escola pública teve o seu principal impulso com a alteração do modelo de gestão. Aos democráticos conselhos directivos, constituídos e eleitos por professores, sucedeu uma "nova classe de dirigentes", muitos deles ávidos de um poder que nunca conseguiram noutras áreas e muitos outros que se tornaram simples peões de primeira linha do ME.

De forma sistemática e quase imperceptível para muitos docentes distraídos, a destruição continuou através da criação dos mega agrupamentos, do fecho de escolas, da deslocação de alunos para os colégios privados por imposições na distribuição da rede escolar, dos apoios às escolas privadas, etc., etc.

Um novo impulso chega, uma revolução nas escolas começa em Óbidos. De acordo com o semanário Sol, antes de este ano acabar, "o Ministério da Educação e Ciência (MEC) deve alterar toda a legislação necessária para que arranque no próximo ano lectivo a primeira escola municipal do país com total autonomia pedagógica. Foi esse o compromisso assumido com a Câmara de Óbidos, concelho que servirá de projecto-piloto."

Pressente-se o fim da escola pública mais depressa do que o que se imaginava. E os professores quase nem se manifestam. E o povo assiste calmo e sereno. Tudo à boa maneira portuguesa.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

MINUTA PARA ESCUSA DE VIGILÂNCIA À PACC

Minuta destinada a todos os professores convocados para vigiar outros colegas na realização da PACC.

Com fundamento nos artigos 10.º e 82.º do Estatuto da Carreira Docente, que se referem, respectivamente, a deveres funcionais e conteúdos da componente não lectiva, os professores devem contestar a sua eventual convocação para serviço relacionado com a “PACC” e requerer escusa. 

Esta minuta é oriunda da Fenprof, que refere ainda que um eventual indeferimento deste pedido poderá resultar no recurso aos tribunais. 

O texto pode ser seleccionado, copiado e colado. Quem preferir pode baixar o documento word, clicando aqui.


Exmº(ª) Senhor(ª)
Diretor(a) do Agrupamento de Escolas / da Escola ____________________________


REQUERIMENTO

(Nome) _________________________________________________________, professor(a) do Quadro do Agrupamento de Escolas / da Escola __________________________________________________________, do grupo de recrutamento  ______, residente em  ___________________________________, (CP-Localidade) __________-_____ _______________________________________, tendo sido convocado(a) para o serviço de vigilância da prova de avaliação de conhecimentos e capacidades, a ter lugar no dia 18 de dezembro de 2013, das ____H____ às ____H____, vem, por este meio, junto de Vª Exª, requerer a anulação de tal convocação, pelo facto de a tarefa a executar não se enquadrar no âmbito dos seus deveres funcionais, atendendo ao disposto, nomeadamente, nos artigos 10.º, 10.º-B e 82.º do Estatuto da Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário.

Espera deferimento

Local e data

O(A) requerente


UMA NO CRAVO, OUTRA NA FERRADURA

Nuno Crato afirma que em breve vão abrir vagas no quadro de professores 

11 Dez, 2013, 13:45 

O ministro da Educação diz que, em breve, haverá novas vagas no quadro de professores, devido à aposentação dos docentes mais velhos. Nuno Crato desvalorizou ainda a polémica em torno da prova de avaliação de professores, que está marcada para daqui a uma semana.

Vídeo aqui: RTP

Mais declarações recentes do ministro:

Nuno Crato apela ao bom senso na prova de avaliação (11-12--2013)

Ministro: Isenção de fazer prova é definitiva (11-12-2013)

Dificuldades na construção de escolas resultam da falta de planeamento (10-12-2013)

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

ISTO TAMBÉM TEM QUE VER COM EDUCAÇÃO

PROMISCUIDADE DOS DEPUTADOS. OS INTERESSES QUE SERVEM.

Os nomes aí estão.

Paulo Morais foi à Assembleia da República e disse o que até agora poucos tiveram coragem de dizer.

Cada português, sobretudo os que ainda dormem, deveria ouvir, pensar e agir.

Partilha!



segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

TODOS JUNTOS VENCEREMOS

A notícia de que os professores com cinco ou mais anos de servico estão dispensados da prova de avaliacao parece ser, e é, uma excelente nova: Crato e seus acólitos recuaram e deram mais uma demonstração de que não têm competência para o desempenho das funções que exercem.

No entanto, nenhum professor pode ficar inebriado com este recuo. As razões que justificavam a luta mantêm-se, pois a iniquidade de uma prova abjecta não desapareceu, ainda que apenas caindo como anátema sobre os colegas com menos de cinco anos de serviço, afinal os mais jovens e os mais frágeis.

É verdade que este recuo veio demonstrar também que quando se persegue um objectivo consegue-se sempre alguma coisa. Por isso, esta é a hora da união e da luta por aquilo que consideramos da mais elementar justiça: o retorno da dignidade da profissão docente e de uma escola pública de qualidade. Por isso, esta é a hora da união e da lutra contra qualquer tipo de PACC, contra a humilhação e injustiça, o despedimento e a privatização da escola pública.

Os professores, unidos e mobilizados, conseguirão reverter as atrocidades cometidas na educação e impedir a destruição da educação em Portugal.

Esta é a hora!

NOTA: Todas as iniciativas que visem a dignificação dos professores, a melhoria da educação e a preservação da escola pública devem ser apoiadas por todos. Nesse sentido, continua a ser importante a participação de todos os professores (que puderem estar presentes) na concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de dezembro, pelas 14:00h.

Desde 01-01-2009


Este blog vale $140.000.00
Quanto vale o seu blog?

eXTReMe Tracker

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Twingly BlogRank
PageRank
Directory of Education Blogs

RSSMicro FeedRank Results
Add to Technorati Favorites
Locations of visitors to this page